Vídeo Exclusivo | Divaldo Franco sobre o Coronavírus: “Chegará o dia em que tudo isso será superado”

  • 13/03/2020
Vídeo Exclusivo | Divaldo Franco sobre o Coronavírus: “Chegará o dia em que tudo isso será superado”

Na noite da última quinta-feira (12), o palestrante espírita Divaldo Pereira Franco reuniu cerca de 2 mil pessoas na sede social do Clube Princesa dos Campos (Clube Verde), no centro de Ponta Grossa. A palestra fez parte da programação da XXII Conferência Estadual Espírita promovida pela Federação Espírita do Paraná. Divaldo recebeu, com exclusividade, a equipe do portal D’Ponta News para um bate-papo.

O encontro teve como tema principal uma análise dos tempos atuais. “Vivemos um momento em que a criatura humana perdeu o endereço de si mesma. Existem as vidas vazias, em que os objetivos essenciais não são aqueles ideais de construção. Mas as doutrinas do materialismo ofereceram uma filosofia existencial imediatista, frustrante, porque não preenche as necessidades éticas do ser que somos, espíritos imortais”, explana.

Sobre a pandemia de Coronavírus que o mundo está vivendo, Divaldo afirma que, para o espiritismo, fenômenos como esse são da própria evolução do planeta. “Estamos nesse processo de mudança, de um mundo de provas para um mundo de regeneração, quando as criaturas humanas seremos melhores e a dor fugirá envergonhada, porque nossos valores éticos são superiores às nossas tendências negativas”. explica.

O palestrante ainda explica que crises como essa são comuns. “Isto sempre ocorre. Essas crises nos ajudam a evoluir. Então essa é uma crise inesperada, porém providencial para chamar as criaturas todos do mundo de que os valores mais resistentes são os valores do ser”, relata Divaldo, que completa de maneira otimista. “São fenômenos da própria evolução do planeta e chegará o dia em que tudo isso será superado”.

Este é o 66º ano em que Divaldo vem a Ponta Grossa para sua palestra. “Ponta Grossa constitui-me um dos mais belos exemplos de solidariedade humana que eu encontrei desde os verdes anos da minha pregação. Quando aqui estive pela primeira vez, em abril de 1954, eu recebi tanto carinho que me senti como um membro da família ponta-grossense e, desde então, eu voltei todos os anos”, conclui

Assista ao vídeo completo da entrevista exclusiva de Divaldo Pereira Franco ao portal D’Ponta News.

Acesse www.dpontanews.com.br/coronavirus e saiba as últimas notícias sobre o Covid-19 em Ponta Grossa e região.

+ Notícias