Castro reforça trabalho assistencial com casas de apoio para famílias da região

  • 05/10/2020
Castro reforça trabalho assistencial com casas de apoio para famílias da região

A cidade de Castro vem realizando um trabalho importante no que diz respeito à Assistência Social nos últimos anos. Diversas ações foram implementadas, entre elas, a reforma da Casa Integrada de Apoio à Saúde e a Unidade de Acolhimento Provisório à Mulheres em Situação de Violência Doméstica.

A Casa Integrada de Apoio à Saúde de Castro reforça o apoio à famílias carentes que se deslocam de bairros ou cidades distantes do município para realizar tratamentos médicos. Segundo a secretária municipal de Família e Desenvolvimento Social, Ana Carolina Barros, a unidade oferta gratuitamente espaço de hospedagem com alimentação e higiene e tem capacidade de atendimento para até 30 pessoas, funcionando 24h por dia, inclusive aos finais de semana.

“Pensando no bem estar dessas pessoas, foi que o município fez essa casa. Cada vez que uma pessoa precisa sair da sua residência pra fazer tratamentos de saúde pode fazer uso da casa, inclusive também oferecemos apoio às pessoas de outras cidades que têm parentes internados nas UTIs de Castro”, explica Ana Carolina.

A casa é mantida com recursos próprios da prefeitura, desde o fornecimento de materiais de consumo, alimentação, funcionário de serviços gerais e até serviços da Guarda Patrimonial. Para a secretária, os investimentos realizados pelo prefeito fazem a diferença no desenvolvimento do trabalho da pasta de Assistência Social. “Na primeira gestão da prefeitura, lá em 2005, nós implantamos esse serviço e desde estão estamos mantendo. Agora, recentemente o prefeito fez a reforma com recursos livres do município e deixou igual um hotel”, afirma.

Unidade de Acolhimento para Mulheres

Outra casa que presta assistência social é a Unidade de Acolhimento Provisório à Mulheres em Situação de Violência Doméstica, que também é mantida pela prefeitura e surgiu da necessidade de proporcionar maior conforto e segurança para as mulheres vítimas de violência doméstica da região. “Tivemos um aumento de casos na pandemia de violência contra a mulher, aí pensou-se em fazer a casa em que a mulher possa ficar com os seus filhos até que a situação se resolva, com toda a questão de sigilo e privacidade”, declara.

A Secretária ainda faz uma avaliação positiva da gestão da gestão atual. “Castro, nessa última gestão do Prefeito Moacyr, avançou muito no sistema de assistência social, com cinco CRAS e dois CREAS. Nós também estamos desenvolvendo um abrigo temporário para moradores de rua, então é uma avaliação bem positiva”, finaliza.

Confira as fotos:

Fotos: Divulgação

+ Notícias