Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

Cerca de 150 famílias serão beneficiadas com a instalação de poços artesianos na zona rural de PG

2020-07-14 às 10:45

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), deve contemplar, até o fim do ano, quatro comunidades com a implantação do Sistema de Abastecimento em Área Rural, atendendo a aproximadamente 150 famílias. As regiões já definidas para serem beneficiadas são Itaiacoca e Guaragi. A ação faz parte de um convênio firmado com o Instituto das Águas do Paraná e o Município.

Atualmente, o município conta com 19 micro-sistemas de abastecimento de água comunitário. São 13 abastecidos com poços artesianos e seis com minas superficiais. Cerca de 3,6 moradores são beneficiados com o saneamento rural.

De acordo com o secretário da SMAPA Bruno Costa, além dos dois locais já definidos para serem beneficiados com a ampliação da rede de abastecimento, a secretaria planeja estabelecer ainda neste ano mais duas localidades que também devem receber o saneamento rural, de acordo com as necessidades dos moradores.

“A estiagem que vivemos nos últimos tempos tem gerado desconforto para a população e prejuízo econômico, principalmente nas lavouras e na pecuária. Um saneamento rural de qualidade e comunitário permite que a população de determinada região consiga utilizar a água tanto para o cultivo das plantações, quanto para o uso doméstico. Para a SMAPA, o fornecimento adequado da água é uma das prioridades de nossos projetos atuais”, ressalta o secretário.

Para a execução do projeto, o Município será responsável por locar o poço tubular, apresentar planta de locação e fornecer parte dos materiais para a implantação. Para o uso posterior, a Prefeitura também será a responsável pelo assessoramento técnico às comunidades.

Em Pocinho, área rural localizada em Itaiacoca, já há um sistema de abastecimento existente, mas, por falta de chuvas, o manancial secou e a comunidade encontra dificuldades para encontrar água potável. É neste mesmo local que será instalado um novo poço artesiano, por meio de convênio já aprovado com o Instituto das Águas do Paraná. Em Rocho Róis, no Guaragi, a implantação de um novo poço artesiano visa ampliar a rede de abastecimento já existente.

O agricultor José do Rocio Oliveira é um dos moradores que foi contemplado pela implantação de um poço artesiano em Mato Queimado, com investimentos da Prefeitura. De acordo com José, o poço instalado em 2013 mudou a qualidade de vida da comunidade da região.

“Passei por sufoco antes de 2013 porque o sistema que até então existia era longe da minha casa. Eu chegava do trabalho e tinha que correr atrás de água direto. Com o poço perfurado aqui de 24 metros, cerca de 60 famílias foram contempladas e agora podemos usar em nossas casas e também para regar as verduras que cultivo na minha propriedade”, conta José.

João Antunes Ferreira, morador do Biscaia, é outro que também teve mais facilidade com relação ao acesso a água potável, desde que um poço artesiano foi perfurado. “Paramos de usar água da nascente e agora não temos mais problema com falta de abastecimento. O poço instalado beneficia aproximadamente 50 famílias e duas escolas da região”, destaca João.

Informações e imagens: Prefeitura de Ponta Grossa