Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

Projeto do Estado vai levar conhecimento a mais de mil mulheres rurais

2024-05-22 às 19:00
Foto: Gilson Abreu/AEN

O Governo do Estado investirá R$ 1,2 milhão em um projeto para formação de mulheres rurais, denominado ‘Sementes do Bem Viver’. A iniciativa será coordenada pela Secretaria da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa (Semipi) e executada pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), atendendo mais de mil mulheres em 75 municípios.

Do montante investido, R$ 410 mil são oriundos do Fundo Estadual dos Direitos da Mulher (Fedim) e R$ 816 mil do IDR-Paraná.

O projeto consiste em uma trilha formativa para mulheres rurais, prioritariamente aquelas acompanhadas por políticas e programas sociais do Instituto, indígenas e quilombolas. O objetivo é proporcionar às mulheres do campo o acesso a conhecimentos e formação pessoal, visando o bem-estar, fortalecimento e maior participação econômica e social.

A secretária da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte, destacou o quanto a iniciativa é importante para as mulheres rurais. “Com esses recursos disponíveis, a gente potencializa o esforço que é fazer chegar aos municípios ações de impacto e que mudem significativamente a realidades dessas mulheres. Um trabalho em conjunto e que trará bons resultados”, concluiu.

A assistente social do IDR-Paraná Miriam Fuckner disse que a parceria com a Semipi vai ampliar a atuação do Instituto. “As ações abrangerão todas as regionais hoje atendidas. Entre os temas a serem trabalhados na capacitação destacam-se as informações referentes ao Direito Sucessório e Sucessão Familiar; Previdência Rural; Bem viver; Segurança e Proteção da Mulher; Organização e Prosperidade”, explicou.

Formações

Os encontros serão realizados nas comunidades rurais. O lançamento está previsto para a Semana Estadual da Mulher do Campo, na última semana de maio.

Ao todo serão cinco módulos, com quatro horas de duração cada, totalizando 120 dias. As formações são flexíveis e adaptáveis à realidade local. Possuem metodologia participativa, em formato de oficina, integrando as vivências e trajetórias das mulheres rurais aos conteúdos.

Fórum

A destinação dos recursos do Fundo Estadual dos Direitos da Mulher (Fedim) para o projeto ‘Sementes do Bem Viver’ foi deliberada pelo Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM) em reunião extraordinária nesta segunda-feira (20).

De acordo com Ivanete Xavier, presidente do CEDM, o Conselho tem as suas pluralidades e especificidades. “Atuando sempre com a responsabilidade de trabalhar em prol da equidade de gênero, da promoção dos direitos das mulheres e da criação de políticas públicas que atendam às necessidades de todas as elas, para contemplar as diversas demandas da população feminina do Paraná”, comentou.

Na mesma pauta foi instituído, no âmbito do CEDM, o Fórum Estadual de Conselhos Municipais dos Direitos da Mulher, com o objetivo de mobilização, articulação e fortalecimento do controle social de políticas públicas dos Direitos da Mulheres do Estado do Paraná.

Entre as ações estão, também, a integração e cooperação entre os conselhos municipais; a facilitação da troca de informações e experiências sobre políticas públicas de direitos das mulheres; e a atuação como canal de comunicação entre os conselhos municipais e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher.

Leandre destacou a pertinência das decisões tomadas na reunião. “Esses projetos e iniciativas vêm ao encontro do que já temos conduzido na Semipi, em benefício das mulheres do Paraná”, afirmou.

da AEN