“Crescimento da indústria é indispensável para geração de empregos e distribuição de renda”, diz Vagner Freitas durante reunião do Conselho Nacional do SESI | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Domingo, 25 de Fevereiro de 2024

“Crescimento da indústria é indispensável para geração de empregos e distribuição de renda”, diz Vagner Freitas durante reunião do Conselho Nacional do SESI

2023-11-29 às 14:15
Foto: Divulgação

Na última reunião do Conselho Nacional do SESI realizada no ano de 2023, o presidente Vagner Freitas reafirmou a importância da indústria e enfatizou a necessidade de um projeto industrial de desenvolvimento para alavancar o crescimento econômico. Momento marcante, a primeira participação de Ricardo Alban no colegiado como presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A reunião ocorreu nesta segunda-feira (27), em Brasília.

O presidente da CNI, Ricardo Alban, falou sobre a relevância do trabalho em equipe, da convergência de ações e do entendimento mútuo para impulsionar o desenvolvimento industrial e econômico. Sobre o protagonismo da indústria brasileira no cenário mundial, ressaltou a importância de se estabelecer acordos multilaterais e buscar soluções para questões específicas, como as dificuldades fitossanitárias e aduaneiras entre os países membros do Mercosul.

Por sua vez, Vagner Freitas, presidente do Conselho Nacional do SESI, endossou a importância da indústria para o Brasil e a necessidade de um projeto industrial de desenvolvimento. Ele expressou a esperança de que o governo concentre seus esforços nesse setor, reconhecendo-o como parte fundamental para a recomposição da economia brasileira. Freitas ressaltou que o crescimento da indústria é indispensável para a geração de empregos e a distribuição de renda, afirmando que essa é a verdadeira forma sustentável de crescimento. Ele destacou como papel da indústria o investimento em conhecimento e inovação para a promoção de um crescimento sólido, a fim de posicionar o Brasil “na primeira prateleira econômica dos maiores países do mundo”.

“O crescimento da indústria é um crescimento com geração de emprego, distribuição de renda. É isso que é crescimento. Então você vai ter, Alban, todo o apoio deste nosso Conselho eu não tenho dúvida nenhuma. Que você tenha muita felicidade. Conte conosco especificamente comigo aqui na presidência do Conselho”, enfatizou Freitas.

O presidente do Conselho Nacional do SESI também ressaltou a necessidade de alternativas para o crescimento econômico do Brasil, mencionando a necessidade urgente de se investir em energia limpa e renovável. Freitas defende a ideia da colaboração entre o setor público e privado na construção de um projeto nacional de desenvolvimento. Não deixou de expressar sua esperança de que o poder público possa unir forças e considerar tanto o fortalecimento da indústria quanto o interesse de todos os brasileiros.

Exemplo a ser seguido, Freitas citou o Conselho Nacional do SESI como um modelo de tripartismo que pode ser utilizado para construção conjunta de políticas públicas. Mencionou a possibilidade de apresentar um projeto importante na próxima reunião do Conselho, demonstrando como entendimentos entre a iniciativa privada e o poder público podem contribuir para a implementação de políticas públicas de qualidade.

Em paralelo, a importância da indústria na economia e no contexto socioeconômico foi mencionada com ênfase pelo presidente Ricardo Alban. Com um jargão utilizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que “nunca antes na história tantos falaram tanto da indústria”. Ao concluir sua avaliação, afirmou que o cenário “é uma chance singular para o desenvolvimento”. Com enfoque na produtividade, o presidente Alban destacou a importância de uma abordagem colaborativa, ressaltando a necessidade de ouvir as indústrias e os trabalhadores envolvidos no processo de produção. Ele mencionou também a necessidade de diálogo com grandes empresas com encadeamento produtivo, a fim de garantir o sucesso de um plano de desenvolvimento industrial.

Nesse contexto das ações de interesse mútuo, o presidente da CNI anunciou que o Departamento Nacional do SESI irá aderir a um projeto nacional idealizado pelo Conselho Nacional do SESI, iniciativa voltada à educação “com os conceitos do Serviço Social da Indústria”, destacou Alban. Trata-se de uma proposta que vem sendo discutida e aprimorada para ser apresentada ao colegiado em momento oportuno. Alban destacou a iniciativa como um exemplo de convergência para contribuir com a educação no país, melhoria das condições de trabalho e atendimento às políticas públicas. “Onde há interesse de ações e entendimentos, nasce algo muito interessante”, ressaltou o presidente da CNI.

Os presidentes Vagner Freitas e Ricardo Alban destacaram a importância do diálogo, do trabalho em equipe e da busca por convergências como elementos essenciais para impulsionar o desenvolvimento industrial, melhorar as condições de trabalho e fortalecer a economia nacional. Defendem integração para políticas públicas, interatividade e convergência nas ações para elevar a qualidade de vida da população. Consideram ainda primordial valorizar o conjunto de trabalhadores, empresários e empresas.

“O trabalhador quer melhores condições de trabalho, a empresa quer melhor rentabilidade e isso se retroalimenta”, concluiu Ricardo Alban.

da assessoria