Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Décio Lima e Marcelo Freixo se reúnem em Blumenau para apresentar potencialidades turísticas do Brasil

2024-06-21 às 17:09
Foto: Renato Vaz / Embratur

Representantes das Instâncias de Governança Regional de Turismo (IGR) da Grande Florianópolis, da Serra Catarinense, do Encantos do Sul, do Caminhos dos Cânions e do Grande Oeste de Santa Catarina apresentaram suas potencialidades turísticas e suas dificuldades para aumentar o fluxo de visitantes, durante a segunda reunião do ‘Conexão: Pequenos Negócios e Estratégias de Promoção do Turismo’, encontro promovido em parceria com a Embratur e o Ministério do Turismo e que tem como objetivo discutir estratégias e incentivos para o desenvolvimento do turismo em Santa Catarina e no Brasil.

Os presidentes do Sebrae, Décio Lima, e da Embratur, Marcelo Freixo, juntamente com o secretário nacional de políticas do Turismo do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi, e a deputada federal e vice-líder do governo na Câmara, Ana Paula Lima, escutaram atentamente durante quase duas horas as explanações das representantes das IGR. Décio destacou que esse modelo de reunião que foi inaugurado em Blumenau, na quinta (20), deverá ser reproduzido em outros estados para que Sebrae e Embratur trabalhem juntos na promoção do turismo no país.

“A construção dessa sinergia com as IGR entre Sebrae, Embratur e Mtur nos dá uma possibilidade extraordinária para que tenhamos um salto significativo no protagonismo brasileiro e catarinense no turismo mundial”, afirma o presidente do Sebrae.

Ele ainda destacou que os pequenos negócios representam 95% das empresas ligadas ao turismo no Brasil e são os principais geradores de empregos e renda no país. “O turismo tem potencial para representar bem mais de 8% do PIB. O momento econômico que vivemos coloca o Brasil em uma posição de protagonismo internacional”, ressalta.

Freixo destacou que o modelo adotado nesses dois dias seguidos em Santa Catarina permitiu escutar as IGR. “Santa Catarina está pronta para ser um produto internacional, mas precisamos transformar destino em produto e vamos fazer isso juntos. Essa região carrega uma tradição muito forte e a tradição é um produto”, afirma.

O presidente da Embratur disse ainda que a empresa e o Sebrae irão juntos produzir vídeos promocionais do estado e também elaborar roteiros turísticos que irão aparecer no Google Maps quando turistas estrangeiros estiverem em Santa Catarina e entrarem na ferramenta. “A gente precisa apresentar essa diversidade ao mundo”, pontua.

Já o secretário Milton Zuanazzi destacou que Santa Catarina é um estado extremamente importante para o processo de regionalização do turismo. “Quando a lei geral do Turismo criou a regionalização, houve uma aderência e participação muito grande do estado”, assegura. Zuanazzi ainda pontuou que o turismo é uma parceria entre público e privado.

“Eles precisam andar juntos. O público divulga e estrutura o destino, mas quem comercializa é o privado”, pondera Zuanazzi.

A deputada federal Ana Paula Lima finalizou o painel destacando que Santa Catarina é um estado pronto para receber visitantes e que o Turismo é um dos segmentos com maior potencial para a geração de emprego, renda e preservação do meio ambiente.

Blumenau

Esse foi o segundo dia do ‘Conexão: Pequenos Negócios e Estratégias de Promoção do Turismo’. Na quinta-feira (20), o evento ocorreu em Blumenau e escutou representantes das IGR do Vale Europeu, Consórcio Intermunicipal do Vale do Itajaí, Costa Verde Mar, Caminhos do Alto Vale, Caminhos do Príncipe que puderam apresentar seus principais atrativos e as dores para desenvolver ainda mais o turismo nessas regiões. Pela primeira vez, os presidentes do Sebrae e da Embratur escutaram as explanações do trade catarinense.

da Agência Sebrae