Empresário diz que não participou de atos antidemocráticos, mas é desmentido durante CPI | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024

Empresário diz que não participou de atos antidemocráticos, mas é desmentido durante CPI

2023-04-13 às 16:56
Foto: Reprodução

O empresário ouvido nesta quinta-feira (13) na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Legislativa que investiga atos antidemocráticos, Joveci Xavier de Andrade, foi desmentido por deputados logo no início da sessão.

Questionado pelo presidente da CPI, Chico Vigilante (PT), sobre ter ou não participado de manifestações golpistas, foi enfático: “Não participei de nenhum ato”. O deputado, então, mostrou uma foto dele com camisa amarela da seleção no meio de um protesto golpista contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

O empresário, então, voltou atrás. “Não entendi. Participar é ir? Eu fui umas três vezes [no acampamento do Quartel-General do Exército]. Entendi o ‘participar’ de forma diferente”, disse.

Uma das fotos mostra ele no dia 8 de janeiro, quando houve a invasão dos prédios dos Três Poderes e a tentativa de golpe de Estado. O investigado pela CPI estava na Esplanada dos Ministérios com uma faixa escrita: “Não elegemos um ladrão” (imagem em destaque).

Ele disse, no entanto, que não invadiu o Congresso, o STF ou o Palácio do Planalto. “É uma estupidez aqueles que quebraram, colocaram fogo. Aquele pessoal merece estar preso”, afirmou. O empresário até mudou de opinião e elogiou as urnas: “É o melhor sistema do mundo”.

O exato momento pode ser conferido no vídeo abaixo, aos 22 minutos:

leia a matéria completa no Metrópoles