Domingo, 17 de Outubro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Estudo com medicamento oral que se mostrou efetivo contra COVID-19 tem participação de pesquisadores da UFPR

09/10/2021 às 10:49

Desde outubro do ano passado, o Complexo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (CHC-UFPR) participa de um estudo internacional sobre o medicamento molnupiravir, avaliando o desempenho no tratamento de Covid-19. O antiviral reduziu pela metade a hospitalização ou morte pela doença dos usuários em relação aos pacientes em receberam o placebo.

O estudo foi realizado em vários centros do mundo e em sete locais no Brasil. Até o momento, mais de 700 pacientes no mundo participaram da pesquisa. Os dados foram liberados na última semana e, por isso, ainda não foram publicados em periódicos científicos.

CHC-UFPR

O CHC-UFPR/Ebserh foi o único centro no Paraná a participar do estudo e registou o maior número de voluntários do Brasil. “O molnupiravir foi indicado para pessoas com até cinco dias de sintomas da Covid-19. Das 8 mortes ocorridas em 29 dias do início da doença, nenhuma foi no grupo de pessoas que usaram a droga, em comparação com aqueles que usaram placebo”, explica a infectologista Mônica Gomes, coordenadora do estudo no Complexo.

Molnupiravir

O molnupiravir é produzido pela farmacêutica MSD. O antiviral, de uso oral, inibe a replicação do vírus, bloqueando a síntese do RNA viral. O medicamento ainda não teve o uso liberado no Brasil e não está sendo vendido

da UFPR Comunicação