Juíza de Santa Catarina é afastada apór gritar com testemunha e exigir ser chamada de ‘excelência’ | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Domingo, 25 de Fevereiro de 2024

Juíza de Santa Catarina é afastada apór gritar com testemunha e exigir ser chamada de ‘excelência’

2023-11-29 às 10:29
Foto: Reprodução

Uma juíza identificada como Kismara Brustolin repreendeu, aos gritos, uma testemunha durante uma audiência trabalhista online ocorrida na Vara da Justiça do Trabalho em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina. A situação, registrada em vídeo, mostra o momento que a juíza exige que a testemunha a responda e a chame de “excelência”. A juíza foi afastada das audiências, segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC).

No trecho do vídeo, a juíza interrompe a fala da testemunha, um homem, e pede que ele se dirija a ela com a frase “O que a senhora deseja, excelência?”. Aparenemente assustado, o homem questiona se é obrigado a dizê-la e a magistrada diz que não, porém insiste e rebate que “se ele não fizer isso, o depoimento terminará e não será considerado”. Depois pede novamente para ele parar de falar e o chama de “bocudo”.

A sessão ocorreu em 14 de novembro, mas o recorte do vídeo repercutiu somente nesta terça-feira (28) e gerou manifestação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Santa Catarina, que solicita providências e apuração do caso junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC).

Em nota divulgada na noite desta terça-feira (28), o TRT-SC afirma que suspendeu a realização de audiências por parte da juíza e que “a Corregedoria Regional irá instaurar procedimento apuratório de irregularidade”. A suspensão da realização de audiências deverá ser mantida até a conclusão do procedimento.

Veja o vídeo: 

Leia a matéria completa do g1