Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022

Novo surto de superfungo é identificado em hospital de Recife

13/01/2022 às 10:34
Coronavirus

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) emitiu um alerta na tarde desta quarta-feira a respeito de um novo surto de Candida auris, mais conhecido como superfungo, em um hospital da cidade de Recife (PE).

Segundo a agência, um caso foi confirmado e outro está sob investigação. Apesar do número ser pequeno, a Anvisa confirmou se tratar de um surto.

“É importante esclarecer que, apesar de no momento haver só um caso confirmado e outro em análise no Brasil, pode-se considerar que há um surto de Candida auris porque a definição epidemiológica de surto abrange não apenas uma grande quantidade de casos de doenças contagiosas ou de ordem sanitária, mas também o surgimento de um microrganismo novo na epidemiologia de um país ou até de um serviço de saúde – mesmo se for apenas um caso”, informou a agência, em nota.

A identificação do caso foi feita pelo Lacen/BA (Laboratório Central de Saúde Pública Prof. Gonçalo Moniz), um dos laboratórios de referência do país.

O surgimento do Candida auris é tido como grave e coloca as autoridades de saúde em alerta. “Candida auris é um fungo emergente que representa uma séria ameaça à saúde pública”, informa a agência.

Segundo a Anvisa, ele é multirresistente, ou seja, os medicamentos utilizados para combater fungos são ineficazes. Além disso, ele pode causar infecção de corrente sanguínea e outras infecções invasivas, podendo levar à morte, sobretudo em casos de pacientes com comorbidades.

“Pode permanecer viável por longos períodos no ambiente (semanas ou meses) e apresenta resistência a diversos desinfetantes”, afirma a agência.

A Anvisa não informou as identidades dos casos positivo e suspeito, e nem o estado de saúde dessas pessoas.

Leia a matéria completa da Veja