Segunda-feira, 27 de Maio de 2024

Operação da Polícia Federal desarticula empresa de investimentos

2022-09-01 às 09:12

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (1º/9) a Operação GUITAR, com o objetivo de desarticular grupo que operava empresa de investimentos com promessa de altos lucros em operações no mercado financeiro. Após capitalizar cerca de R$ 10 milhões, tal empresa bloqueou os saques e contatos com os clientes, deixando-os no prejuízo.

Investigação da PF descobriu que um casal de jovens, mediante a constituição de uma empresa de investimentos, captou, entre abril de 2019 e setembro de 2021, cerca de R$ 10 milhões de clientes residentes principalmente em Santa Catarina.

A empresa operava prometendo rendimentos que supostamente seriam obtidos através de fundos e operações no mercado financeiro, day trade ou swing trade com auxílio de robôs, sendo firmados com clientes contratos de “Termo de Adesão Investidor Cronwfounding”.

Porém, ao final de 2021, a empresa bloqueou os saques e seus sócios deixaram de manter contato com os clientes, deixando-os no prejuízo. A Justiça Federal decretou a indisponibilidade, arresto e sequestro de ativos patrimoniais relacionados a quatro pessoas investigadas, físicas e jurídicas.

Os dois sócios principais foram presos temporariamente em Itajaí (SC) e indiciados nos crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, de estelionato e de lavagem de dinheiro.

da Agência PF