Padre Kelmon é desligado da igreja ortodoxa e está proibido de ministrar sacramentos | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024

Padre Kelmon é desligado da igreja ortodoxa e está proibido de ministrar sacramentos

2022-12-19 às 15:01

O ex-candidato à Presidência da República Padre Kelmon (PTB) foi desligado da Igreja Ortodoxa do Peru no Brasil. A decisão foi comunicada pela Instituição em nota publicada no Facebook, assinada na última quinta-feira. Nesta segunda-feira, Kelmon afirmou que a atitude de deixar a entidade partiu dele. O integrante do PTB divulgou um pedido de incardinação que teria feito à Igreja Ortodoxa Grega da América e Exterior. A carta data da última sexta-feira, dia em que a antiga igreja do ex-postulante compartilhou o comunicado.

“Decidimos cancelar a Provisão 0025/21 conferida ao Padre Kelmon Luis da Silva. Também informamos que decidimos desencardinar do clero. Dessa forma, o mesmo fica proibido de ministrar os sacramentos e de falar em nome da Igreja Ortodoxa do Peru-Tradição canônica Síro-Ortodoxa Malankara Indiana”, diz trecho do documento.

A nota termina com uma passagem bíblica do livro Matheus: “Tudo que ligares na terra será ligado no céu, mas aquilo que desligarem na terra será desligado no céu. (Mateus 16:19)”.

Leia o conteúdo completo de O Globo