Sábado, 28 de Novembro de 2020

Ponta Grossa é a quinta cidade do Brasil que mais gerou empregos nos nove primeiros meses de 2020

30/10/2020 às 09:58

Cidade ainda lidera geração de empregos no Paraná nos nove primeiros meses do ano

Pelo terceiro mês seguido, Ponta Grossa teve um dos melhores resultados na geração de emprego no Brasil. O município está entre os que mais geraram vagas no país no acumulado do ano. Somadas as 3.818 admissões e as 2.888 demissões no último mês de setembro, Ponta Grossa teve um saldo de 930 novos postos criados no período, o total do acumulado do ano, chegou a 3.140 vagas novas preenchidas no decorrer de 2020.

Com esses resultados, Ponta Grossa se consolida na liderança estadual como o município que mais gerou empregos no ano, com cerca de mil vagas a mais que a segunda colocada, e na quinta colocação no Brasil, em um levantamento feito pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado na quinta-feira (29) pelo Governo Federal.

Melhores setores

Entre os melhores setores avaliados na geração de emprego na cidade, todos tiveram saldo positivo no mês de setembro. O maior destaque foi o setor da construção civil, com 450 vagas. Na sequência, aparece indústria (325 vagas), serviços (92), comércio (57) e agropecuária (6). No acumulado do ano, a liderança é da construção civil, sendo o saldo de 3.579, seguido por indústria (561) e agropecuária (230).

Com saldo negativo está o setor de serviços (-400) e o comércio (-623). Até o momento em 2020, apenas dois meses tiveram saldo negativo em Ponta Grossa: abril (-1.449) e maio (-240); enquanto que os últimos três meses apresentaram os melhores resultados do ano, com 837 em julho, 1.179 em agosto e 930 em setembro.

PG é destaque em âmbito nacional

Em âmbito nacional, Ponta Grossa ficou apenas atrás de uma capital brasileira, São Luis (MA) e outras três cidades, sendo uma delas de Santa Catarina, a cidade de Chapecó. As duas que mais criaram oportunidades entre janeiro e setembro de 2020 foram Parauapebas (PA) e São Luis (MA), com 7,5 mil e 7,3 mil vagas criadas, respectivamente. Depois aparecem Lençóis Paulista (SP), com 3.330 vagas criadas e Chapecó (SC) com 3.271. Isso quer dizer que se Ponta Grossa tivesse gerado 200 empregos a mais, ocuparia a terceira posição nacional.

Já em âmbito estadual, o segundo município que mais gerou vagas em 2020 foi Ortigueira, com 2.112 vagas criadas, seguida por Matelândia, 1.764 e Toledo, 1.598.

Foto: AEN

74552