Sábado, 13 de Julho de 2024

Preços dos remédios devem subir 4,5% a partir de domingo (31)

2024-03-30 às 15:14
Foto: Agência Brasil

O governo federal autorizou um reajuste de até 4,5% nos preços dos medicamentos para este ano, a partir deste domingo, dia 31. O aval para o aumento foi publicado nesta quinta-feira, 28 no Diário Oficial da União (DOU). O porcentual, que funciona como um valor máximo, foi definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamento (CMED).

O ajuste de preços de remédios é anual e tem como fundamento um modelo de teto calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O IPCA ficou em 4,5% em fevereiro no acumulado dos últimos 12 meses.

Quando aumentam os preços dos remédios

As empresas detentoras de registro de medicamentos poderão ajustar os preços no prazo de até quinze dias após a publicação da resolução, segundo instruções da Secretaria Executiva da CMED, cita a nota publicada no DOU.

Ou seja, farmácias Brasil afora podem aplicar esses 4,5% de reajuste imediatamente ou fracionar o reajuste ao longo de 2024. Depende de cada farmácia e da própria indústria farmacêutica.

O reajuste autorizado pelo governo federal para 2024 é inferior ao de até 5,60% no preço concedido em 2023. Conforme observa o Sindusfarma, de 2014 a 2024 o IPCA acumulou alta de 77,5% ante uma variação de preços dos remédios de 72,7%.

Leia a matéria completa da Revista Exame