Terça-feira, 23 de Julho de 2024

Telegram apaga mensagem sobre PL das Fake News após determinação de Moraes

2023-05-10 às 15:28

O Telegram apagou a mensagem enviada aos seus usuários criticando o PL (Projeto de Lei) das fake news depois da determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), nesta quarta-feira (10). O texto contra o projeto foi apagado pela plataforma por volta das 14h25.

Uma nova mensagem foi encaminhada aos usuários do aplicativo por volta das 15h. “Recebemos uma ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil que obriga o Telegram a remover nossa mensagem anterior sobre o PL 2630/2020 e enviar uma nova mensagem aos usuários, que está incluída abaixo. “Por determinação do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, a empresa Telegram comunica: A mensagem anterior do Telegram caracterizou FLAGRANTE e ILÍCITA DESINFORMAÇÃO atentatória ao Congresso Nacional, ao Poder Judiciário, ao Estado de Direito e à Democracia Brasileira, pois, fraudulentamente, distorceu a discussão e os debates sobre a regulação dos provedores de redes sociais e de serviços de mensageria privada (PL 2630), na tentativa de induzir e instigar os usuários à coagir os parlamentares”, diz o texto.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quarta-feira (10) a suspensão do aplicativo Telegram por 72 horas. A decisão ocorre um dia após o aplicativo disparar mensagens aos usuários da plataforma dizendo que o projeto de lei (PL das Fake News) irá acabar com a liberdade de expressão.

Relembre

Alexandre de Moraes manda suspender Telegram e excluir mensagens contra o PL das Fake News