Sábado, 04 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Tempestade de poeira no interior de São Paulo tem 6ª vítima

06/10/2021 às 20:22

Um pescador de Presidente Epitácio (a 641 km de SP), veio a óbito em decorrência da tempestade de poeira no interior do estado . O fenômeno chegou a ter ventos de até 103 km/h que atingiu cidades do oeste paulista na última sexta-feira (1º). Ele é a 6ª vítima da tempestade.

Valdir Greter, 68, pescava com um amigo em um barco quando ambos foram atingidos pela ventania. Segundo a Folha , eles tentaram abrigo próximo a uma plataforma de pesca no meio do rio, mas o barco naufragou.

O colega de Valdir foi resgatado com vida no sábado (2), usando um colete salva-vidas. Já Greter foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros quatro dias após o temporal, a 8 km do local do naufrágio.

Além do pescador, ao menos outras cinco pessoas morreram em decorrência da tempestade. O quinto óbito foi localizado na noite de domingo (3), em Araçatuba (a 520 km de SP), o quarto aconteceu na cidade de Tupã (507 km de SP). Já em Santo Antônio do Aracanguá (557 km de SP), a ventania alastrou um incêndio que matou três pessoas.

Ainda, ao menos quatro cidades do interior decretaram situação de emergência e suspenderam as aulas presenciais. São elas: Adamantina (a 573 km de SP), Presidente Prudente (a 556 km de SP), Osvaldo Cruz (a 552 km de SP) e Lucélia (a 567 km de SP).

Segundo o Monitor de Secas, da ANA (Agência Nacional de Águas), com dados de agosto, o noroeste de São Paulo vive seca atípica e intensa. Diante disso, os ventos fortes suspenderam e carregaram a poeira do solo na região, que vem de um período de baixa umidade e estiagem.

Outro fator contribuinte para ocorrer a tempestade de poeira é a região de áreas dedicadas ao cultivo de cana-de-açúcar, comuns no interior paulista, que passam por queimadas em seu processo de manejo.

Informações IG. Foto: reprodução redes sociais