1º Congresso de Ufologia dos Campos Gerais começa nesta segunda (06) | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024

1º Congresso de Ufologia dos Campos Gerais começa nesta segunda (06)

2023-11-06 às 16:25
Foto: D’Ponta News

O coordenador do 1º Congresso de Ufologia dos Campos Gerais e responsável pela Academia de Estudos Exológicos e Yoga, Dirceu Klemba, foi o entrevistado no programa Manhã Total, apresentado por João Barbiero, na Rádio Lagoa Dourada FM (105,3 para Ponta Grossa e região e 92,9 para Telêmaco Borba), nesta segunda-feira (06) e contou sobre o evento de ufologia que acontece em Ponta Grossa até o dia 15.

Leia os principais pontos da entrevista:

A ciência
Nesta segunda-feira (06) começa o 1º Congresso de Ufologia dos Campos Gerais, evento que será online e gratuito, com transmissão através do canal da Academia no Youtube. Dirceu conta que desde o ano passado realiza encontros virtuais, fórum e seminário para debater sobre o assunto. “O objetivo é trazer a informação a todos”, declara.

Klemba explica que Ufologia é o estudo de objetos voadores e fenômenos não identificados e a palavra tem origem da sigla em inglês Unidentified Flying Object (UFO), que é traduzida para o português como ‘Objetos Voadores Não Identificados’ (OVNIs). “Tudo o que você vê no céu e não consegue identificar é um OVNI”, afirma.

Porém, nem todo OVNI é de origem extraterrestre, explica Klemba. Até mesmo os objetos que não possuem nada que possa provar sua origem terrena, não há também como comprovar sua origem extraterrena.

Sobre a ligação da Ufologia com a vida extraterrestre e a comparação com teorias da conspiração, Dirceu diz que “criou-se uma regra geral que quem fala sobre o assunto é maluco, mas a Ufologia é uma ciência”.

Reconhecimento do trabalho do ufólogo 
Dirceu Klemba afirma que será votado um projeto de lei no Brasil, do qual ele conta que participou de uma comissão no Ministério do Trabalho, onde foram estabelecidas diretrizes para o trabalho do ufólogo. Se o projeto for aprovado, o país será o primeiro do mundo a reconhecer o ufólogo como um profissional dentro da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).

A proposta foi levada ao Ministério do Trabalho por um dos ufólogos e palestrantes do congresso, Júlio Navarro. “Isso muda a história. É um ponto marcante”, declara Klemba.

Ao ser questionado sobre o que precisa para se tornar um ufólogo e para ter o reconhecimento dentro da CBO, Dirceu diz que não existe um curso de formação, mas sim existem alguns cursos específicos de qualificação, mas o que vale é a experiência e o conhecimento notório do pesquisador.

Confira a programação das palestras do Congresso e a entrevista na íntegra: