Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Casa da Praça mostra arte sacra em homenagem à Senhora Sant’Ana, em Castro

29/07/2021 às 15:39

A Diretoria de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura da Prefeitura de Castro, em conjunto com a Paróquia Sant’Ana, abriu no último dia 21 e segue até o dia 31 de agosto na Casa da Praça, a Exposição Arte Sacra em homenagem à padroeira de Castro, Senhora Sant’Ana, comemorado no último dia 26.

A mostra traz quadros com reproduções de pinturas sacras, imagens devocionais e paramentos utilizados pelos sacerdotes nas celebrações da Igreja Sant’Ana antes do Concilio Vaticano II. Este último concilio, realizado a partir de 1961 deu uma nova orientação pastoral à igreja e uma nova forma de apresentar e explicar os dogmas católicos ao mundo moderno.

As peças mostradas na exposição são do acervo do Museu do Tropeiro, Paróquia São Judas Tadeu, Paróquia Sant’Ana e coleções particulares.

O horário de visitação da Casa da Praça é das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda à sexta-feira.

Origem

A diretora do Museu do Tropeiro, Amélia Podolan, explica que a devoção à Senhora Sant’Ana iniciou ainda no século XVII, quando a sesmaria das paragens do Iapó foi doada pela Coroa Portuguesa ao paulista Pedro Taques de Almeida. “Ele e sua família eram devotos de Sant’Ana e para marcar a posse da terra e dar exemplo de fé mandou elevar uma cruz e construir uma pequena capela em consagração à santa, na colina à margem esquerda do rio Iapó”, conta.

No início do século XX as festas da padroeira Sant’Ana atraíam muitos fiéis. Havia novenas e nas procissões muitas crianças eram vestidas de anjos e as meninas de Virgem. No período da novena o estandarte de Sant’Ana percorria a casa dos noveneiros e no dia da festa havia procissão e missas quando os sinos repicavam alegremente. Ao final da festa eram sorteados os festeiros e os noveneiros para o próximo ano.

da assessoria