Domingo, 18 de Abril de 2021
foto: Clebert Gustavo

Em nove dias de fiscalização, Polícia já interditou 136 estabelecimentos comerciais na região de PG

08/03/2021 às 15:27

As forças de segurança pública do Paraná completam nesta segunda-feira (08) nove dias de fiscalizações e outras ações de prevenção no Estado. O balanço da Secretaria estadual da Segurança Pública aponta que neste período houve 4.947 estabelecimentos comerciais fiscalizados e 209 deles foram interditados. As polícias dispersaram 1.779 aglomerações de pessoas e nas ações com órgãos municipais foram lavradas 221 multas a pontos comerciais e outras 406 às pessoas que foram flagradas em desrespeito às medidas sanitárias.

O balanço indica que 420 pessoas foram presas e 89 adolescentes apreendidos pelas equipes policiais. As operações constantes e a intensificação de policiamento também resultaram em 19 armas de fogo e 128 equipamentos eletrônicos apreendidos.

Nestes nove dias de vigência do decreto estadual nº 6.983/2021 as polícias receberam 2.947 denúncias sobre violação das medidas sanitárias, sendo que 569 foram constatadas no período.

A estatística também aponta que na faixa de horário entre 7 horas de domingo (07) e 7 horas de segunda-feira (08), houve 173 dispersões de aglomerações de pessoas, 360 denúncias relacionadas à Covid-19, das quais 58 foram constatadas ao final do atendimento. Durante as abordagens e outras ações, as forças de segurança encaminharam 19 adultos e cinco adolescentes, além de apreenderam uma arma de fogo e quatro veículos. Os trabalhos de Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) resultaram em 10 pontos comerciais interditados e na lavratura de 12 multas aos comércios e 74 às pessoas que cometeram infrações.

CAMPOS GERAIS – Na região de Ponta Grossa, a atuação das unidades do 4º CRPM resultou em 150 pessoas conduzidas e 23 adolescentes apreendidos desde o dia 27 de fevereiro, quando começou a vigência do decreto nº 6.983 / 2021.

De acordo com o balanço regional, 1.105 pontos comerciais foram fiscalizados, dos quais 136 acabaram interditados e 18 multas lavradas. As abordagens às pessoas renderam 54 multas por infrações relacionadas ao decreto estadual.

A demanda da população sobre as questões que envolvem o decreto foi de 361 denúncias que resultaram em 153 ocorrências constatadas. Também houve 171 dispersões de aglomerações de pessoas nos municípios. Durante a atuação pelo cumprimento das medidas sanitárias, foram flagrados outros crimes que culminaram na apreensão de 12 veículos, de cinco armas de fogo e de mais de três quilos de drogas.

CAPITAL – As polícias promoveram operações constantes que resultaram em 195 pontos comerciais fiscalizados e 290 dispersões de aglomerações desde o início da vigência do decreto até esta segunda-feira (08).

Neste período, as equipes policiais receberam 700 comunicados sobre infrações ao decreto, sendo que 57 acabaram constatadas. A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) também foi aplicada na cidade e o trabalho rendeu 38 pessoas multadas e 84 estabelecimentos comerciais.

A presença policial nas ruas também preveniu crimes e promoveu prisões e apreensões. Nos nove dias de vigência do decreto, mais de 31 quilos de drogas foram retiradas de circulação, 47 veículos apreendidos e outros oito recuperados nas ações. Além disso, 72 pessoas acabaram conduzidas e sete adolescentes, apreendidos.

NORTE – Nos municípios do Norte e Norte Pioneiro, as forças policiais fiscalizaram 917 pontos comerciais desde a promulgação do do decreto estadual, sendo que 11 acabaram interditados. Os órgãos municipais lavraram 18 multas aos comércios conforme as infrações constatadas pelos policiais militares durante as abordagens. Além disso, as equipes que reforçam as orientações e abordagens nas ruas dispersaram 504 aglomerações de pessoas.

Foram recebidos 881 chamados sobre as hipóteses de propagação do coronavírus, dos quais 50 foram constatadas pelas equipes policiais. Nessas hipóteses, foram apreendidos quatro armas de fogo, mais de 29 quilos de drogas e 23 veículos, além de nove que tinham alerta de roubo/furto e foram recuperados. Ao atender ocorrências, os policiais encaminharam 75 pessoas e apreenderam 50 adolescentes.

NOROESTE – A fiscalização nesta região em cumprimento às medidas sanitárias do decreto estadual nos municípios situados no Noroeste paranaense já resultou em 49 pessoas encaminhadas e sete adolescentes apreendidos, além de lavradas 103 multas a pessoas e outras 27 vinculadas à desobediência ao decreto. No período de nove dias de vigência do decreto, os policiais abordaram 1.192 estabelecimentos comerciais, sendo que 14 foram interditados pelas irregularidades constatadas.

As unidades policiais desta região receberam 245 denúncias sobre infrações relacionadas às medidas sanitárias, sendo que 174 foram constatadas, além de 444 dispersões de aglomerações de pessoas. Durante o atendimento às ocorrências, os policiais recuperaram dois veículos e apreenderam outros 25, quatro armas de fogo e 11 equipamentos eletrônicos.

OESTE – A região de fronteira e Oeste paranaense também contou com forte atividade das polícias sobre a prevenção ao Covid-19. Com os reforços de viaturas e equipes nas ruas, 200 aglomerações de pessoas foram dispersadas e 1.090 pontos comerciais fiscalizados. Durante o atendimento, os policiais ainda apreenderam 19 veículos, três armas de fogo e recuperaram três veículos que tinham alerta de furto/roubo.

As operações de Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), promovidas em parceria com os municípios, renderam 28 pontos comerciais interditados e 45 multas lavradas. As equipes também notificaram 99 pessoas que cometeram infrações em relação às medidas sanitárias.

REGIÃO METROPOLITANA E LITORAL – Desde o início de vigência do decreto estadual até às 7 horas desta segunda-feira, 364 pontos comerciais foram fiscalizados e 157 aglomerações de pessoas dispersadas. As unidades receberam no período 596 denúncias, sendo que 35 foram constatadas. As ações policiais também resultaram em 15 encaminhamentos, uma arma de fogo e mais de dois quilos de drogas apreendidas.

Da AEN