Segunda-feira, 19 de Abril de 2021
foto: Clebert Gustavo

Everson Krum comemora os 11 anos de história do Hospital Universitário

31/03/2021 às 16:12

O Hospital Universitário (HU-UEPG) completa 11 anos de história nesta quarta-feira (31). Inaugurado em 2010 e então conhecido como Wallace Thadeu de Mello e Silva, a unidade se tornou um hospital universitário em 2013, através de um projeto de Lei do Deputado Plauto Miró (DEM) e passou a estar sob a tutela da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) desde então. Entre 2011 e 2018, o professor Everson Krum foi diretor do HU-UEPG.

Atualmente o Hospital é referência em Ponta Grossa e nos Campos Gerais em termos de atendimento de média e alta complexidade. Professor da Universidade, Everson dirigiu o Hospital por seis anos e acompanhou de perto a estruturação da unidade que, aos poucos, teve ampliações na área de atuação e hoje, por exemplo, é o hospital de referência para tratamento da covid-19 na região.

“O Hospital nasceu como um sonho e uma necessidade da nossa cidade e da própria Universidade. Ao se tornar um hospital universitário, o HU se consolidou como um aspecto fundamental para o desenvolvimento da Universidade, ao mesmo tempo que o Hospital se tornou um local de pesquisa e prática científica avançadas”, destaca o professor Everson Krum, lembrando também das fundamentais atividades realizadas nos programas de Residências Médicas, Uni e Multiprofissionais.

Everson destaca ainda outros(as) diretores(as) que contribuíram, em épocas e com desafios diferentes, para o desenvolvimento do HU-UEPG, entre eles(as) Adroaldo Araújo, Scheila Mainardes, Gilberto Baroni , Tatiana Cordeiro e Luciane Cabral e atualmente Sinvaldo Baglie. “Cada um a seu tempo, houve um desafio a ser vencido e foi desta forma, com contribuições coletivas, que o HU se tornou essa referência que é hoje”, salientou o professor.

Krum destaca ainda o auxílio de diversas lideranças políticas para o avanço o HU. Em 2009, por exemplo, o então deputado federal Wilson Picler destinou R$ 11 milhões em emenda de bancada para comprar os equipamentos de ressonância, como tomógrafo e ultrassom, instalados até hoje no Hospital. “Naquele momento, a falta dos exames de ressonância eram nosso maior gargalo e esse foi um degrau importante na história do HU”, diz Everson.

Contribuição de outras lideranças políticas

Everson lembra ainda da contribuição de outras lideranças políticas locais e estaduais para a criação, evolução e estabelecimento do HU-UEPG. Entre elas o ex-governador Roberto Requião (MDB), o ex-deputado estadual Jocelito Canto, os atuais deputados federais Aliel Machado (PSB) e Sandro Alex (PSD), os deputados estaduais Plauto Miró (DEM), Mabel Canto (PSC) e Marcio Pauliki (então do PDT), além do deputado estadual e ex-secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto. Também ao seu tempo, os ex-governadores Orlando Pessuti, Beto Richa e Cida Borgheti e ex prefeitos Pedro Wosgrau e Marcelo Rangel.

Equipes e fornecedores

Everson lembrou ainda das diversas equipes que trabalharam e ainda atuam no HU-UEPG, da enfermagem, passando pelas equipes médicas, pelas equipes de limpeza, alimentação, manutenção, administrativas e atendimento. Além disso, o professor destacou a importância dos fornecedores que contribuem até hoje para a manutenção do HU. “Tivemos muitas pessoas e equipes envolvidas na transformação do HU no que ele é hoje”, destaca.

Da assessoria