Domingo, 22 de Maio de 2022

Vídeo: Valorização do servidor público, estrutura nos distritos e atração de indústrias são ideias de Henrique Carneiro, prefeito eleito de Piraí do Sul

17/11/2020 às 15:29

No domingo (15), Henrique Carneiro (DEM), de 33 anos, foi eleito o prefeito mais jovem da história de Piraí do Sul, município da região dos Campos Gerais, com 4.031 votos. O vice-prefeito eleito na chapa de Henrique foi Wagner Zadra (PTC), de 32 anos. E na manhã desta terça-feira (17), o prefeito eleito participou de uma entrevista exclusiva nos estúdios do portal D’Ponta News.

Henrique falou sobre a experiência de ter concorrido pela primeira vez e já ter sido eleito. “Foi a primeira eleição que eu participei, sou servidor de carreira da Prefeitura Municipal desde 2006, e sei como tratar o nosso funcionalismo público, tão fundamental no município”, relata.

Oriundo de Piraí Mirim, um dos distritos de Piraí do Sul, Carneiro pretende dar atenção especial à essas áreas, onde muitas vezes o deslocamento torna-se um problema. “A atenção aos distritos é fundamental, eu vivi até meus 18 anos no interior da cidade e sei que muitas vezes a estrutura, o deslocamento são tarefas difíceis”, afirma.

O prefeito eleito também quer promover um programa de valorização das empresas e da economia local. “Nossa cidade tem uma economia e uma vocação para o agronegócio, porém hoje não existe um plano local de valorização desses trabalhadores. Além disso, não há um programa de atração de indústrias para a cidade e tampouco uma valorização das que já existem hoje na cidade, queremos mudar isso”, diz. Ele ainda fala que irá governar para todas e todos de Piraí do Sul, e que este é um momento de união. “Eu e o Wagner (vice-prefeito), iremos governar para todos os piraienses, independente se votaram ou não em nós”, coloca.

Henrique ainda registra o potencial turístico que a cidade possui e que não explora. “Piraí tem muitos pontos turísticos, como as Brotas, temos cachoeiras, campos, matas e muita natureza. Queremos, eu e o Wagner, focar e transformar o turismo em nossa cidade, não só o turismo religioso que hoje já existe, mas todo o tipo de turismo terá sim o nosso investimento”, conclui.

Assista a entrevista na íntegra: