Guardas mirins de Castro concluem capacitação sobre educação ambiental | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Segunda-feira, 04 de Março de 2024

Guardas mirins de Castro concluem capacitação sobre educação ambiental

2023-10-26 às 14:26

Na terça-feira (24) foi realizada a formatura de usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Guarda Mirim, no projeto Um Mundo Melhor. Depois de passar cinco meses participando de atividades teóricas e práticas, como visita à sede da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis e no aterro sanitário, e de aprender muito, principalmente sobre a importância da correta separação e destinação do lixo e de materiais recicláveis, e sobre o impacto dessas ações na vida da comunidade, os usuários foram certificados.

Conforme explicou a orientadora social Lucimar Chiquito Salgado, o objetivo de oferecer a capacitação aos usuários da Guarda Mirim é, além de ensiná-los para que pratiquem uma gestão sustentável dos resíduos em seu dia a dia, também tornem-se disseminadores das informações recebidas. “É uma sementinha que está sendo plantada, enquanto eles são adolescentes. Começou aqui no serviço, com os ensinamentos, e eles levam para suas casas, para família e onde convivem. Esse conhecimento motiva ações para preservação do meio ambiente e para que possam fiscalizar o que identificarem de errado”, destacou a orientadora.

A capacitação foi direcionada aos usuários que têm idade entre 12 e 16 anos. As crianças da Guarda Mirim participaram apenas das oficinas. O projeto foi desenvolvido através de parceria com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis, empresa Vapza Alimentos, superintendência do Meio Ambiente do Município e a Secretaria Municipal de Assistência Social.

Sobre a Guarda Mirim

Criado em Castro no ano de 2017, o projeto da Guarda Mirim tem como missão contribuir com a inclusão social e auxílio na formação e qualificação de adolescentes, que enfrentam vulnerabilidade social ou são identificados em situação de violação de direitos, qualquer uma que não esteja de acordo com o que prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

De acordo com o coordenador do projeto no município, Eugenio da Luz, muitas crianças e adolescentes já passaram pela Guarda Mirim de Castro desde o início das atividades. “Muitos inclusive que já estão encaminhados profissionalmente”, destaca.

Eugenio explicou que diversas atividades são desenvolvidas na Guarda Mirim, e que muitos ensinamentos são partilhados. “Eles aprendem por exemplo, sobre hierarquia, disciplina, companheirismo e sobre a formação de lideranças. Ao longo do ano levamos eles para conhecerem empresas e conhecerem algumas secretarias municipais, para entenderem sobre o trabalho desenvolvido em cada uma delas. Eles também participam de atividades diversas como desfiles, e, recentemente apresentamos um projeto para criação da fanfarra da Guarda Mirim”, ressalta.

A inclusão das crianças e adolescestes no projeto ocorre por meio de encaminhamentos feitos pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), mas a continuidade e participação nas atividades são voluntárias. Dentro do Serviço de Convivência, os usuários são acompanhados, e, conforme a realidade de cada um, recebem apoio para superação, em situações de violação de direitos, e para o desenvolvimento em geral. Atualmente a Guarda Mirim tem 80 usuários da área urbana de Castro e 25 usuários da área rural.

da assessoria