Coluna Draft: ‘Acerte ao falar e ao escrever!’, por Edgar Talevi | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024

Coluna Draft: ‘Acerte ao falar e ao escrever!’, por Edgar Talevi

2023-08-29 às 09:00
Foto: Reprodução/Freepik

Acerte ao falar e ao escrever!

Existe uma multiplicidade de palavras na Língua Portuguesa que, ao serem pronunciadas ou grafadas geram erro. Isso é um fenômeno linguístico natural do idioma, pois a Língua como sistema e prática está sempre em construção. Exemplos disso são as gírias, os neologismos e o famoso e moderno “internetês”.

Porém, algumas palavras merecem destaque. Vamos a elas:

“Asterístico” – muito usada em “ditados”, o termo constante do início deste período é inexistente, por mais que o uso pareça querer cristalizar sua forma não convencional. A forma correta para ela é ASTERISCO. Assim:

O asterisco indica que há uma nota de rodapé.

“Supérfulo” – comum no dia a dia, mas equivocado. A forma correta é SUPÉRFLUO.

Sou contra a compra desse material porque parece ser um gasto supérfluo.

“Beneficiente” – haja bazar “beneficiente”. Cuidado! Não vá a um bazar que maltrata a Língua Portuguesa! A forma correta para o vocábulo é BENEFICENTE.

Minha avó está organizando um jantar beneficente.

“Previlégio” – sempre presente na fala e na escrita, entretanto incorreto. A forma adequada do vocábulo é PRIVILÉGIO.

Você nem reconhece os privilégios que tem.

“Impecilho” – é realmente um empecilho lançar mão da grafia “Impecilho”. A forma mais que correta é EMPECILHO

Não quero ser um empecilho em sua vida.

Certamente não esgotamos o tema, mas demos luz a um pequeno conjunto que, unido, causaria uma verdadeira bagunça na comunicação.

Nossa Draft de hoje encerra com uma frase assertiva sobre comunicação, vinda de Augusto Branco:

“A finalidade da comunicação é fazer-se entender. Mas há quem prefira se desentender”.

Coluna Draft

por Edgar Talevi

Edgar Talevi de Oliveira é licenciado em Letras pela UEPG. Pós-graduado em Linguística, Neuropedagogia e Educação Especial. Bacharel e Mestre em Teologia. Atualmente Professor do Quadro Próprio do Magistério da Rede Pública do Paraná, na disciplina de Língua Portuguesa. Começou carreira como docente em Produção de texto e Gramática, em 2005, em diversos cursos pré-vestibulares da região, bem como possui experiência em docência no Ensino Superior em instituições privadas de Ensino de Ponta Grossa. É revisor de textos e autor do livro “Domine a Língua – o novo acordo ortográfico de um jeito simples”, em parceria com o professor Pablo Alex Laroca Gomes. Também autor do livro "Sintaxe à Vontade: crônicas sobre a Língua Portuguesa". Membro da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes. Ao longo de sua carreira no magistério, coordenou inúmeros projetos pedagógicos, tais como Júri Simulado, Semana Literária dentre outros. Como articulista, teve seus textos publicados em jornais impressos e eletrônicos, sempre com posicionamentos relevantes e de caráter democrático, prezando pela ética, pluralidade de ideias e valores republicanos.