Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

Coluna Draft: ‘Aos Profissionais da Saúde, com Carinho!’, por Edgar Talevi

2022-08-05 às 10:49

Nenhuma receita é tão importante quanto o carinho de um caminho de respeito e valorização. Nenhum prontuário responde por mais situações que os trajetos que formam as trilhas da solicitude e do altruísmo.

Portanto, falar em saúde, neste 05 de agosto, Dia Nacional da Saúde, é Aplaudir em pé os Gloriosos Profissionais da Saúde que tanto fizeram e fazem nos Postos de Saúde, UPAS, Hospitais, PAs, Ambulatórios, Clínicas dentre outros.

A cada plantão, uma noite insone por uma vida salva. A cada emergência, uma batalha de vida ou morte para que uma vida permaneça e triunfe sobre a indesejada das gentes.

O olhar cansado das enfermeiras, dos médicos, dos(as) balconistas, todos fatigados, mas nunca derrotados, pelas longas jornadas de trabalho, sempre prontos(as), a serviço da vida. E que venha a vida, porque é ela que nos mantém em pé, diria um profissional da Saúde – da Vida de cada um de nós!

Para que vejamos o tamanho do desafio a ser enfrentado na área da Saúde, no Brasil, em 2022, Segundo um estudo do Instituto de Estudos para Políticas de saúde (IEPS), a área da saúde terá o menor orçamento federal dos últimos 10 anos em 2022. Na proposta orçamentária para este ano, a previsão é de R$ 147,5 bilhões, valor próximo à média dos anos anteriores.

Entretanto, excluindo-se os gastos de combate à pandemia da COVID-19, o orçamento cai para R$ 140,3 bilhões, o menor desde 2012, o menor percentual em uma década.

Isso demonstra o fardo que cada profissional da saúde carrega ao vestir seu jaleco e trabalhar com todos os percalços, falta de recursos e investimentos necessários à realização perfeita de sua profissão.

Em plena época em que menos vemos políticas públicas de valorização da Ciência e da Saúde, em tempos de obscurantismo, em que déspotas chegaram ao poder à revelia da outorga da democratização das esferas públicas de poder, percebemos o quão sui generis são os atributos dos insubstituíveis profissionais que fazem da sobrevivência de muitos o seu trabalho, pois a vida de cada um de nós a eles é confiada, e com muito orgulho!

É chegada a hora em que nos debruçamos em homenagem aos incansáveis, imparáveis e indestrutíveis profissionais que dão sua vida em favor da vida de muitos!

“Neste trabalho contra a doença, começamos não com interações genéticas ou celulares, mas com seres humanos.” (Atul Gawande)

Coluna Draft

por Edgar Talevi

Edgar Talevi de Oliveira é licenciado em Letras pela UEPG. Pós-graduado em Linguística, Neuropedagogia e Educação Especial. Bacharel e Mestre em Teologia. Atualmente Professor do Quadro Próprio do Magistério da Rede Pública do Paraná, na disciplina de Língua Portuguesa. Começou carreira como docente em Produção de texto e Gramática, em 2005, em diversos cursos pré-vestibulares da região, bem como possui experiência em docência no Ensino Superior em instituições privadas de Ensino de Ponta Grossa. É revisor de textos e autor do livro “Domine a Língua – o novo acordo ortográfico de um jeito simples”, em parceria com o professor Pablo Alex Laroca Gomes. Também autor do livro "Sintaxe à Vontade: crônicas sobre a Língua Portuguesa". Membro da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes. Ao longo de sua carreira no magistério, coordenou inúmeros projetos pedagógicos, tais como Júri Simulado, Semana Literária dentre outros. Como articulista, teve seus textos publicados em jornais impressos e eletrônicos, sempre com posicionamentos relevantes e de caráter democrático, prezando pela ética, pluralidade de ideias e valores republicanos.