Coluna Draft: ‘Dicas sobre a Nova Ortografia’, por Edgar Talevi | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Coluna Draft: ‘Dicas sobre a Nova Ortografia’, por Edgar Talevi

2023-08-08 às 09:45
Foto: Reprodução

“Dicas sobre a Nova Ortografia”

Quem nunca deparou com uma situação na escrita em que teve dúvida quanto ao uso do Trema ou afins? Pois bem, vamos buscar diminuir as dúvidas por meio de algumas dicas sobre a Nova Ortografia?

Comecemos por um breve relato histórico sobre a Nova Ortografia. O Novo Acordo Ortográfico teve início no ano de 2009, com prazo para sua adaptação até 2012. “Lembrando de que o acordo original foi assinado em 1990”.

O objetivo do Novo Acordo é de simplificar a escrita entre os países lusófonos e, deste modo, unificar a escrita entre eles.

OK. E quanto às mudanças? Vamos lá: imediatamente nosso alfabeto teve um acréscimo de 3 letras, a saber, K, W, Y, construindo um total de 26 letras.

E o que dizer do famoso Trema, outrora usado em vocábulos como “lingüiça, cinqüenta dentre outros”?

Bem, o trema simplesmente perdeu seu valor e deixou de ser usado em todas as palavras da Língua Portuguesa. Mas, cuidado! Palavras de origem estrangeira ou nomes próprios não sofreram alteração.

Outra mudança muito importante é o fim do acento agudo, nas palavras paroxítonas, nos ditongos abertos “oi” , “ei”. Vamos aos exemplos.

Antes: Jibóia.    Depois: Jiboia.   Antes: Idéia.    Depois:  Ideia.

Viram como é fácil? É claro que há muito mais mudanças a serem vistas, mas isso é assunto para uma próxima crônica.

E hoje vamos ficar com a célebre frase de Voltaire:

“A escrita é a pintura da voz”

Coluna Draft

por Edgar Talevi

Edgar Talevi de Oliveira é licenciado em Letras pela UEPG. Pós-graduado em Linguística, Neuropedagogia e Educação Especial. Bacharel e Mestre em Teologia. Atualmente Professor do Quadro Próprio do Magistério da Rede Pública do Paraná, na disciplina de Língua Portuguesa. Começou carreira como docente em Produção de texto e Gramática, em 2005, em diversos cursos pré-vestibulares da região, bem como possui experiência em docência no Ensino Superior em instituições privadas de Ensino de Ponta Grossa. É revisor de textos e autor do livro “Domine a Língua – o novo acordo ortográfico de um jeito simples”, em parceria com o professor Pablo Alex Laroca Gomes. Também autor do livro "Sintaxe à Vontade: crônicas sobre a Língua Portuguesa". Membro da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes. Ao longo de sua carreira no magistério, coordenou inúmeros projetos pedagógicos, tais como Júri Simulado, Semana Literária dentre outros. Como articulista, teve seus textos publicados em jornais impressos e eletrônicos, sempre com posicionamentos relevantes e de caráter democrático, prezando pela ética, pluralidade de ideias e valores republicanos.