Coluna Lettera: ‘Os Tesouros da Princesa’, por Francielly da Rosa | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024

Coluna Lettera: ‘Os Tesouros da Princesa’, por Francielly da Rosa

2021-12-02 às 08:37

Muitas histórias são contadas a seu respeito, taça, garrafa, mesa posta para o banquete, dois índios enamorados, correria, uma bota perdida, bolsos cheios de ouro, quando viu estava dentro da água, afogou-se e o ouro foi parar no fundo da lagoa.

Muitas histórias são contadas, sua beleza atrai atenção, fazem-se reportagens, notícias, alguns até versejam para ela ao pôr do sol. Nós somos os filhos da Princesa! A Princesa dos Campos Gerais! Acompanhamos diariamente seu desenvolvimento, felicitamos suas evoluções, mas também choramos os eventos tristes que porventura a abalam.

Suas belezas já não são como eram antes, em tempos outros em que o homem a desconhecia, porém, quando a viu, com os olhos maravilhados e desejosos… Ah! O desejo de possuí-la, de marcá-la, degradou durante anos as suas preciosidades. Quando visitamos seus pontos turísticos, podemos ver dedos humanos que ali deixaram rastros, assim como resíduos plásticos e demais poluentes. Os homens, aos poucos, vão roubando os tesouros da Princesa.

A Princesa dos Campos demonstra suas emoções a todas essas mudanças, às vezes quieta se cala, com semblante nublado, num mesmo dia seu humor varia, de repente chora. O que nós fazemos por ela? O que podemos fazer? Com certeza muito! Cuidando dos seus tesouros assim como ela nos cuida, acolhe, afaga.

Em dias em que seu sorriso irradia, leve seus amigos, sua família, para desfrutar das ricas e belas paisagens proporcionadas por ela. Fotografe, sorria, divirta-se e cuide. Se é fruto deste ventre, mesmo que seja adotivo, preserve-o com amor, assim como o faz com a mulher que lhe deu a vida, faça com a que lhe dá tesouros que nenhum ser humano será capaz de reconstruir.

Coluna Lettera

por Francielly da Rosa

Francielly da Rosa é graduada em Letras Português e Inglês pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Atualmente, é mestranda do Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem, com ênfase em estudos literários, também na UEPG. Ela é escritora, cronista e coautora do livro "Crônicas dos Campos Gerais". Descobre, entre as palavras que lê e escreve, a motivação que sustenta seu viver. Escreve crônicas, contos, poesias e, às vezes, se aventura no gênero romance. Além disso, participa de projetos de incentivo à leitura e de outras atividades culturais. Possui diversas crônicas premiadas e publicadas em jornais e sites locais. Em virtude de seu trabalho como escritora, recebeu duas moções de aplauso da Câmara Municipal de Ponta Grossa. Também foi premiada no Festival Literário de São Caetano do Sul, na categoria miniconto, sendo a única representante da cidade de Ponta Grossa.