Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Nova fase na carreira: conheça ‘O Esquecido’, lançamento do músico Alisson Camargo

01/05/2020 às 07:54

Inquietação surgiu a partir de uma notícia sobre a Síndrome da Supermemória

            Você já parou para pensar para onde vão os sonhos quando paramos de sonhar? Ou então aquela palavra que estava na ponta da língua e não conseguimos lembrar? E quem nunca se deparou com a angústia de não lembrar o nome daquela pessoa que vem se aproximando em sua direção? Esses e outros esquecimentos são o mote para o novo lançamento do músico ponta-grossense Alisson Camargo. ‘O Esquecido’ chega ao mundo nesta sexta-feira, 01 de maio, a partir das 12h, em todas as plataformas digitais (como Spotify, Deezer, Apple Music etc).

“Nossa vida também é determinada pelas coisas que não lembramos mais. Imagina como seria diferente se a gente lembrasse de todas as fórmulas, os tratados, os poemas, os livros que lemos, as músicas que ouvimos? Provavelmente eu não seria a mesma pessoa que eu sou se eu lembrasse tudo aquilo que eu já esqueci”, explica Alisson.

E não seria mesmo. Este é o caso da australiana Rebecca Sharrock, que é uma entre apenas 80 pessoas no mundo diagnosticadas com a Síndrome da Supermemória (ou Memória Autobiográfica Altamente Superior – HSAM, na sigla em inglês). Ela se lembra de absolutamente tudo o que aconteceu em sua vida, tendo memórias como flashbacks hiper-realistas que incluem cheiros, palavra por palavra das conversas e, às vezes, até dor física. ‘O Esquecido’ surgiu de toda essa inquietação de Alisson após conhecer a história de Rebecca em uma reportagem, em 2017. “O presente é construído também a partir daquilo que a gente não lembra mais. A ideia da música é essa maluquice toda”, brinca o compositor.

O lançamento marca o início de uma nova fase na carreira já consolidada de Alisson Camargo. O foco, a partir de agora, será em suas canções autorais, com toda uma pegada folk rock. Suas músicas trazem uma leveza cada vez mais necessária nos dias atuais, seja falando de amor, de situações do cotidiano ou de reflexões sobre a existência. Uma pitada de bom humor dá o toque final. “Com o meu trabalho, quero levar às pessoas a minha mensagem, com a minha assinatura e minha maneira de compor”, revela. Com 15 anos de carreira, Alisson já é bem conhecido pelos palcos de bares e eventos na região, tendo participado do Festival Universitário da Canção (FUC), Sexta às Seis, Festival Talentos RPC e Festival SESC de Bandas de Garagem. Além disso, já tocou com nomes como Wander Wildner e Beto Bruno (Cachorro Grande) e abriu shows de Guilherme Arantes e Biquini Cavadão.

Saiba mais: www.facebook.com/oalissoncamargo