Sexta-feira, 12 de Abril de 2024

SYHMOM tem o antídoto contra todos os tipos de relacionamentos venenosos: assista ao clipe de “Cobra Peçonhenta”

2024-04-02 às 15:16
Foto: Divulgação

Conviver com o outro é racional e emocional. Envolver algum tipo de afeto é natural. Mas jamais ignore sua intuição. Quando menos se espera, vem o bote que te leva ao chão. SYHMOM lança nesta terça-feira (2/04) o clipe de seu novo single, “Cobra Peçonhenta”. Um alerta a quem se sente seguro da maldade e da malícia de quem quer te derrubar neste mundo.

Todo e qualquer tipo de relacionamento tem seus desafios. E foi a partir de uma dissimulação que nasceu a letra. “Escrevi o refrão de ‘Cobra Peçonhenta’ em 2015 durante um relacionamento amoroso complicado. Mas foi em 2018, após uma disputa eleitoral conturbada, que completei os versos e concluí a composição desta música, que dá margem a diversas interpretações. Quem nunca se magoou com um amigo ou se decepcionou com um familiar? Tem esse cunho, de verbalizar sobre falsidade, traição e desconfianças dentro das relações que construímos”, explica o cantor e compositor.

Como fã de música pop, SYHMOM buscou inspiração e referências em clipes de nomes internacionais como Destiny’s Child e SZA. O roteiro do videoclipe – dirigido por Luciano Teck – percorre três histórias que, apesar de não seguirem uma cronologia, dialogam tematicamente entre si. O cantor interpreta alguns papeis: o político, sua persona dark (com direito a olhos de cobra) e um animal peçonhento em um ambiente perturbador – tudo isso graças ao trabalho de arte e maquiagem de Letícia Costa.

“Faço três personagens. Começo como um desses personagens da política que conhecemos bem. Sempre em propagandas com aquela luz bonita, com gestuais comedidos e sorrisos falsos. E daí vou fazendo um paralelo com uma personalidade mais sombria. E me transformo nesse bicho selvagem e rastejante no meio do mato, sem qualquer glamour. Como a letra é muito autoexplicativa, acredito que cada um que ouvir a música e assistir ao clipe vai relacionar a vivências muito pessoais”, acredita SYHMOM.

Letra de “Cobra Peçonhenta”:
Desconfie desse rosto invocado
Desse ego inflado de canto sorri
O ambiente baixa tanto a energia
Que toda a alegria parece sumir

Vai chegando de mansinho como amigo
Isso é um perigo quer te seduzir

Rastejando e ganhando confiança
Vem conforme a dança pra te derrubar

Fuja desse mal, desse animal
Corra para os montes
Livre-se isso é cobra peçonhenta
Veneno letal, dói que nem punhal
Réptil traiçoeiro, pronto a dar o bote bem ligeiro

Fuja desse mal, desse animal,
Corra, se esconda
Livre-se isso é cobra peçonhenta
Veneno letal, dói que nem punhal
Réptil traiçoeiro, pronto a dar o bote bem ligeiro

Sobre o artista:

Nascido em São Paulo, Evaldo Rodrigues da Silva, assumiu o nome artístico de SYHMOM em 2015, quando participava de montagens musicais no teatro. Entre 2017 e 2018 lançou os singles “Amanhã” e “Baba”, releitura moderna do sucesso da cantora Kelly Key. Em preparação para o lançamento de seu primeiro álbum, o artista soltou as faixas “Aos Poucos” e “Café” em 2020, mas o projeto foi adiado por conta da pandemia de covid-19.

No segundo semestre de 2023, o artista retomou a divulgação de suas canções e do futuro álbum com uma versão de “Coração Labirinto”, originalmente gravada pelo compositor em 2016. Além disso, o novo ano começou com um show dedicado a Djavan, uma de suas referências musicais, dentro do projeto “Jazz Sessions | By Jazz Mansion” no Bourbon Street, casa de espetáculos que revela diversos artistas da cena independente.

E agora SYHMOM vive o momento de preparar seu trabalho de estreia – totalmente autoral. “Já estou programando o lançamento do meu primeiro álbum, onde apresentarei 14 músicas, sendo dez inéditas, com o melhor do pop, pitadas de MPB e pop funkeado. Em seguida virão pelo menos três datas de shows de lançamento deste álbum. Tudo isso no primeiro semestre de 2024”, promete.

da assessoria