Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Idoso ganha serenata para comemorar aniversário de 91 anos durante a pandemia

2020-06-23 às 11:11

A família Beneval Passos encontrou uma maneira criativa para que ele pudesse comemorar mais um ano de vida durante a pandemia de Covid-19. Eles afirmam que o homem é muito ativo, lúcido e brincalhão, mas o risco de contaminação pelo novo coronavírus fez com que ele precisasse ficar isolado. Na última sexta-feira (19), o ‘vovô Benê’, como é chamado, completou 91 anos e a família se reuniu em um aniversário improvisado na janela do apartamento onde ele vive, no Alto da Glória, em Curitiba. A comemoração teve bolo, balões coloridos e até casal de seresteiros.

De acordo com Lucita Passos, filha do idoso, a ideia de fazer uma serenata surgiu da união da família e da vontade de festejar essa data tão especial. “Na nossa família a gente tem o costume de sempre comemorar os aniversários. Como os meus pais estão confinados realmente em casa, a gente não gostaria de deixar ele sem uma comemoração”, explica.

Ela conta que a serenata foi encontrada para adaptar a comemoração do aniversário a esta nova realidade em que o contato físico preciso ser evitado. “O objetivo era mostrar que é possível a gente expressar o carinho pelas pessoas que a gente ama de uma forma diferente”, enfatiza. 

Lucita acredita que é possível compartilhar momentos felizes mesmo durante a pandemia, porém dentro de um novo formato. “O tempo prolongado dessa quarentena fez com que as pessoas caíssem na real e percebessem a necessidade de não ficar só naquela perspectiva de quando é que isso vai acabar. Tem que viver o aqui e agora da melhor forma possível”, defende.

“Ele achou que foi muito emocionante. O meu pai não esperava, porque foi uma surpresa a gente não comentou com ninguém, nem com a minha mãe”, afirma Lucita, garantindo que o senhor gostou da surpresa e pode sentir o carinho da família.

O cuidado que as pessoas precisam ter para evitar a contaminação pela Covid-19 também foi reforçado. “A gente tem que se preservar e ajudar a preservar a vida de quem a gente ama, mas isso não significa que a gente não possa viver momentos agradáveis de confraternização de uma perspectiva diferente”, salienta.

Confira o vídeo da homenagem: