Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

Eduardo Pimentel destaca avanço das políticas antidrogas no festival de música Curitiba Sem Drogas

2024-02-18 às 15:24
Foto: Levy Ferreira/SMCS

O vice-prefeito de Curitiba e secretário estadual das Cidades, Eduardo Pimentel, destacou neste sábado (17) à noite, no Ginásio do Tarumã, em Curitiba, durante o festival musical Quero Curitiba Sem Drogas, as ações recorrentes da Prefeitura na prevenção, combate às drogas e tratamento à dependência química.

“Quero agradecer o apoio voluntário das igrejas às políticas sobre drogas da Prefeitura. Fazem [as instituições] um trabalho maravilhoso no cuidado de quem precisa ser reinserido à sociedade. Tenho três filhos e quero vê-los longe das drogas. Quero ver Curitiba longe das drogas”, disse o vice-prefeito, Eduardo Pimentel, ao reforçar ainda o apoio social das igrejas e comunidades terapêuticas, em projetos complementares às políticas públicas do município na prevenção e tratamento da toxicodependência.

Apoio terapêutico

Ao representar o prefeito Rafael Greca e diante de uma plateia empolgada – formada por mais de 3,5 mil pessoas – com as estrelas da música gospel nacional FHop Music e Israel Salazar, o vice-prefeito, Eduardo Pimentel, ressaltou ainda o acesso prévio das igrejas e comunidades terapêuticas, muitas vezes, a locais específicos nas comunidades, antes mesmo do próprio poder público.

“Quero cumprimentar todos os pastores, líderes, e, principalmente, todos os jovens que estão aqui. O Curitiba Sem Drogas é um evento cultural e musical muito importante da cidade; uma noite que mostra como há possibilidades para o jovem se divertir e ficar bem sem precisar de drogas para se sentir feliz”, destacou ainda Pimentel sobre a importância do festival para a sociedade.

Evento social

O festival Quero Curitiba Sem Drogas é um evento realizado pela GC Eventos e Agenda Produções, com apoio da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e da Prefeitura de Curitiba.

No evento, o público, formado principalmente por jovens, tomou as arquibancadas e a quadra do Ginásio Tarumã para cantar as músicas de louvor das bandas locais e das estrelas da noite, além das interações com líderes de adolescentes, como Nick Moretti, da Zion São Paulo. .

Diversão e boa ação

Um festival com público formado alegria, canções, dança e coreografias em que muitas pessoas, inclusive, cantavam em Libras (a língua brasileira de sinais). O envolvimento do público mostrou, na prática, a real possibilidade do entretenimento de modo saudável e divertido, em qualquer evento ou festiva, sem o uso de drogas.

O evento também promoveu uma importante ação social ao trocar ingressos por kits de higiene pessoal, destinados, em seguida, a casas de apoio e recuperação.

Estiveram presentes ainda no festival Quero Curitiba Sem Drogas, o secretário estadual de Indústria e Comércio, Ricardo Barros; o vereador Ezequias Barros; o vereador de Campo Largo, Christiano Puppi; e o diretor do Departamento de Política Sobre Drogas da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito, Thiago Ferro.

da assessoria