Sábado, 04 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

“70% da categoria não deseja a greve”, afirma colaborador da VCG após parcelamento de salários

06/10/2021 às 15:23

A Viação Campos Gerais, concessionária do transporte público de Ponta Grossa, confirmou na manhã desta quarta-feira, 6, em um comunicado aos funcionários, que não seria possível o pagamento integral do salário no dia de hoje. O pagamento previsto refere-se ao salário do mês de setembro de 2021 e a informação já havia sido divulgada no último dia 29.

A reportagem D’Ponta News conversou com funcionários da empresa que confirmaram que o depósito já caiu na conta, referente a 50% do valor total. “Caiu sim, a metade, Mas quero deixar esclarecido que 70% da categoria não quer greve”, diz um colaborador que preferiu não se identificar. “Devemos respeito a nossos usuários pois nós somos a linha de frente e sabemos perfeitamente que atingir a população não é correto”, completou.

O D’Ponta News apurou também que houve uma reunião entre a empresa e representantes dos funcionários nesta quarta-feira, 6. Um resumo do encontro foi distribuído aos colaboradores através das redes sociais e a reportagem D’PN teve acesse a este conteúdo.

O D’PN suprimiu os nomes dos colaboradores do comunicado. Confira.

“Bom dia Categoria. (…) acabamos de sair de uma reunião longa e produtiva com os diretores da VCG, Luciano e Rodrigo e o com gerente de trafego, Edson Marcondes. O motivo da reunião foi sobre o parcelamento salários. Foi nos passados (sic) a situação real das dificuldades que a empresa está enfrentando.

Então a empresa se obrigou a fazer o parcelamento dos salários deixando claro que a metade sai hoje e o mais rápido possível vai fazer o pagamento do restante referente ao exercício do mês de setembro. Havia a possibilidade de pagar parcelado desde junho porque a liminar que havia acabou sendo derrubada e a gente estava recebendo integralmente. Mas nesse mês de outubro infelizmente terão que parcelar o pagamento.

Falaram que não era da vontade da empresa fazer isso. Mas como estão passando por essa dificuldade tiveram que usar essa medida que não é boa pra ninguém. A gente sabe que ninguém tá satisfeito com isso e que prejudica o orçamento da turma. Só que se a gente parar agora é pior pq vira uma bola de neve. Arrisca a gente não ter o ticket. Então povo, o negócio é o seguinte.. vamos trabalhar e ter fé que isso vai se resolver pq pior c*g*da é nos para.”

A VCG afirmou, ainda de manhã em comunicado aos trabalhadores, que está trabalhando para regularizar o restante do pagamento o mais breve possível.

Até a publicação desta reportagem, o Sintropas, sindicato que representa a categoria, não havia se manifestado publicamente sobre a confirmação. Em uma live no último dia 30, o presidente, Luizão Oliveira, destacou que “a entidade sindical e os trabalhadores não autorizam o parcelamento e entraremos em um embate, sim, se o pagamento não for feito no dia 6”. E ele ainda completa: “Muito provavelmente, se não houver os pagamentos, a cidade ficará mais uma vez sem transporte coletivo. Muito provavelmente cruzaremos os braços em uma outra greve”, finaliza.

Confira o comunicado da VCG aos colaboradores, na íntegra:

Caros funcionários
A VCG informa que infelizmente não será possível o pagamento integral do salário na data de hoje. Nosso compromisso é com o nosso pessoal e por isso estamos confirmando a informação que, até semana passada, era uma possibilidade.
Estamos trabalhando para regularizar o restante do pagamento o mais breve possível.