Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

Candidatos à Prefeitura de PG recebem plano de retomada econômica da cidade

2020-11-03 às 15:20

Candidatos a prefeito assinaram documento em que se comprometem a analisar e desenvolver diretrizes descritas no plano, organizado por entidades locais

Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa (CDEPG) entregaram, durante a última semana, um plano de retomada da economia local no período pós-COVID-19 para os cinco candidatos a prefeitura. Além de receberem o documento, os candidatos – Mabel Canto (PSC), Marcio Pauliki (SD), Professora Elizabeth Schmidt (PSD), Professor Edson (PT) e Professor Gadini (PSOL) – firmaram um documento de compromisso em analisar e viabilizar a implantação das propostas descritas no estudo. O plano foi entregue ao longo da última semana e seguindo a agenda de cada candidato.

Chamado ‘Plano Municipal de Retomada Econômica’, a proposta contou com a participação conjunta do CDEPG, da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), do Sebrae e da Prefeitura Municipal.

Vice-presidente do CDEPG, Priscilla Garbelini participou da entrega do plano aos candidatos e afirma estar otimista sobre a implantação das diretrizes. “Todos os prefeituráveis foram solícitos e se mostraram dispostos a analisar o plano e implantar aquilo que for necessário para a retomada da economia logo após o período de pandemia. A participação das entidades de maneira conjunta foi o grande diferencial para dar ainda mais credibilidade ao processo”, explica.

Priscilla ainda destaca o preparo das entidades no processo de desenvolvimento do plano. “Todos os envolvidos são bastante capacitados e estavam dispostos a colaborar, o que fez com que a versão final do documento seja muito rica em detalhes. Infelizmente foram oito meses de pandemia que refletiram de alguma forma no processo econômico, mas é necessário que diretrizes como estas estejam disponíveis para nortear um processo de retomada”, destaca.

O plano

A proposta foi criada com base em um levantamento realizado junto a 502 estabelecimentos locais, por meio de um questionário online. Dentre os participantes, 11% correspondem à indústria, 27% ao setor de serviço, 46% ao comércio e 6% à construção civil. A participação é bastante próxima da composição da estrutura produtiva do município, onde 10% são indústrias, 41% são do setor de serviços, 41% do comércio e 7% são da construção civil – de acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), relatório do Ministério do Trabalho.

O questionário aplicado na terceira semana do mês de agosto em empresas locais analisou seis variáveis: Atividades Produtivas e Encadeamentos; Expansão de Exportações; Atração de Investimentos; Inovação; Qualificação Profissional; e Relação de Trabalho.

O resultado de cada variável foi analisado por professores da UEPG, onde cada um ficou responsável por um tema. Com base nos dados coletados e em discussões com representantes das Câmaras Técnicas do CDEPG e com as entidades integrantes do conselho, foram as criadas diretrizes para a retomada econômica de Ponta Grossa no pós-pandemia.

Durante a semana, os representantes das entidades também irão se reunir com candidatos a prefeito por Ponta Grossa para a entrega do plano. O documento está disponível no endereço: https://cdepg.org.br/versão-final-pmre/

Da assessoria / Fotos: José Aldinan