Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022

DER aguarda licitação para iniciar projeto de duplicação do trecho Ponta Grossa a Palmeira da PR-151

12/03/2020 às 15:55

Com o aumento do fluxo de veículos por conta do aeroporto de Ponta Grossa e pensando na redução de acidentes registrados, a PR-151 deve ser duplicada ainda na gestão do governador Ratinho Junior. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou no final do ano passado uma licitação para contratar a elaboração do projeto executivo de engenharia de duplicação, restauração e ampliação de capacidade da PR-151, entre Ponta Grossa e Palmeira. O orçamento previsto somente para elaborar o projeto é de R$ 5 milhões. O valor da execução da obra será definido pelo projeto, quando estiver concluído.

De acordo com a assessoria de imprensa do DER/PR, o projeto tem início na interseção com a BR-376, em Ponta Grossa. Dali até o entroncamento com a PR-438 será realizada a restauração e duplicação da rodovia, em uma extensão de 6,8 quilômetros. Neste primeiro sub-trecho também estão previstas a implantação de vias marginais em dois trechos mais urbanizados de Ponta Grossa, interseções em desnível no acesso ao bairro Cará-Cará e no entroncamento com a PR-438, além de adequações no acesso ao aeroporto, no viaduto sobre a linha férrea e na ponte sobre o Rio Tibagi.

No segundo sub-trecho, da PR-438 até Palmeira, em uma extensão de 33,31 quilômetros, será restaurado o pavimento e ampliada a capacidade da rodovia. Isso pode incluir acostamentos, terceira faixa, interseções, acessos e outras soluções que serão definidas no projeto de engenharia. Também serão avaliadas e adequadas as pontes sobre o Rio Caniú e sobre o Rio Forquilha.

No perímetro urbano da Colônia Lago e de Palmeira será estudada a necessidade de implantação de vias marginais, calçadas, ciclovias, passarelas e outras soluções para melhorar o tráfego e garantir a segurança dos pedestres. Em Palmeira, especificamente, deve ser construída uma interseção em desnível no acesso ao Centro da cidade e interseções em nível nos cruzamentos com vias mais movimentadas.

No terceiro subtrecho será estudada a construção de um contorno em Palmeira, com início no quilômetro 371 da PR-151, cruzando a BR-277 com uma interseção em desnível, e término no quilômetro 381 da própria PR-151, em uma extensão de pouco mais de nove quilômetros.

SOBRE A LICITAÇÃO

Já foram abertas as propostas técnicas e de preço das empresas participantes e, atualmente, o processo passa por trâmites internos. Quando o resultado estiver definido, a vencedora da licitação será divulgada por meio de publicação no diário oficial do Governo do Paraná. Não há previsão para divulgação da empresa vencedora.

Os detalhes sobre a execução da obra serão definidos no projeto executivo de engenharia – este tem prazo de 18 meses para ser elaborado, após assinado o contrato e iniciados os estudos.

Na sequência, com o projeto concluído e aprovado, o DER/PR dará início aos procedimentos para licitar a execução da obra.

INVESTIMENTOS EM RODOVIAS ESTADUAIS

A PR-151, no trecho entre Ponta Grossa e Palmeira, está contemplada no lote 03 do programa Conservação e Recuperação com Melhorias do Estado do Pavimento (CREMEP) do DER/PR. Ele prevê serviços de remendos superficiais e profundos, reperfilagem, microrrevestimento, melhorias no sistema de drenagem e na sinalização. Somente neste lote serão atendidos 244,06 quilômetros de estradas, um investimento de R$ 38,8 milhões.

O objetivo do programa é justamente a realização de melhorias no pavimento visando melhorar a segurança e conforto dos condutores, e prolongar a vida útil das rodovias. Nesta semana mesmo estão sendo realizados serviços de reperfilagem na PR-151, próximo a Palmeira.

A obra é uma das prioridades do DER/PR, tendo seu projeto de engenharia sido incluído na primeira fase do Banco de Projetos Executivos do Governo do Paraná, juntamente com projetos para a duplicação da PR-445 na região de Londrina, a ampliação de capacidade da PR-180 entre Goioerê e Quarto Centenário, e a ampliação da PRC-466 entre Pitanga e Turvo.