Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Incentivos fiscais: BRDE abre prazo de inscrições para projetos no Sul do Brasil

2024-06-20 às 14:40
Foto: Rodolfo Bührer-BRDE

A partir desta quinta-feira (20), entidades com projetos nas áreas cultural, social, esportiva e de saúde já podem se inscrever para a captação de recursos por meio de incentivos fiscais do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). As inscrições vão até 31 de agosto.

Para se inscrever, é necessário acessar o Portal de Incentivos e preencher o formulário, disponível exclusivamente no formato digital. Cada instituição pode propor quantos projetos desejar, em formulários separados. Depois de encerradas as inscrições, o período de seleção segue até 20 de novembro, quando haverá a comunicação daqueles contemplados.

Serão apoiadas iniciativas no Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina que já tenham projetos aprovados pelos órgãos oficiais gestores do Fundo da Infância e da Adolescência, Fundo Nacional do Idoso, Lei de Incentivo ao Esporte, a Lei do Audiovisual, a Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS).

“No ano passado, foram quase R$ 6 milhões aportados para projetos nesses eixos entre os três estados. Ao longo dos últimos oito anos, a quantia chega a R$ 34 milhões”, destaca o presidente do BRDE, João Paulo Kleinubing.

Para o vice-presidente e diretor de Operações, Ranolfo Vieira Júnior, a iniciativa reforça os vínculos sociais do BRDE com a região Sul do País. “Ao permanecer no estado de origem, o recurso serve de instrumento para valorizar projetos importantes de solidariedade com quem mais precisa. Neste sentido, ao apoiar diferentes projetos, o banco ajuda a transformar a sociedade”, destacou.

Todas as informações necessárias para a inscrição, datas e requisitos estão descritas no edital de 2024 (acesse aqui). “Nesse ano, daremos uma atenção especial às demandas dos municípios gaúchos mais afetados pela calamidade no estado do Rio Grande do Sul”, explica Eduardo Grijo, Coordenador de Responsabilidade Socioambiental do BRDE.

Paraná

No Paraná, o Centro de Educação Infantil (CEI) Bom Pastor foi um dos contemplados anteriormente com o seu projeto ‘A Importância do Brincar no Desenvolvimento Infantil’. Localizado em Curitiba, no bairro Boqueirão, a instituição atende 159 crianças, e utilizou os recursos para a compra de brinquedos, playground e equipamentos de informática, permitindo a melhoria do desenvolvimento e aprendizado através da convivência, expressão, exploração e brincadeiras.

Ao longo do ano, o Centro realiza mais de 10 mil atividades e serve mais de 90 mil refeições a crianças da comunidade entre quatro meses e três anos de idade, em turno integral. O atendimento aos pequenos busca melhorias no desenvolvimento pedagógico, criatividade, pensamento investigativo, emoções, autoestima e autonomia.

O programa ‘O Qualificar o Acolhimento e Promover a Longevidade’, do Asilo São Vicente de Paulo (ASP), no bairro do Juvevê em Curitiba, também recebeu incentivo. Fundada em 1926, a casa de acolhimento atende 150 idosas em situações de vulnerabilidade social, vítimas de violência doméstica, com comorbidades ou deficiências físicas ou cognitivas, assegurando a elas uma vida digna, com moradia, alimentação, higiene, e cuidados com a saúde mental e física de qualidade, além de acesso aos seus direitos sociais.

da AEN