Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

Presidente da Petrobras comemora maior valor da empresa em sua história: R$ 569 bilhões

Desde outubro do ano passado, marcas foram batidas nove vezes
2024-02-17 às 10:29
Presidente da Petrobras, Jean Paul Prates – Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Em suas redes sociais, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, comemorou a marca histórica atingida pela empresa na sexta-feira (16), quando alcançou o novo maior valor: R$ 569 bilhões. O valor supera até mesmo a máxima de R$ 552 bilhões, valor atingido no fechamento da Bolsa de Valores de São Paulo no dia 1º de fevereiro de 2024.

Vale lembrar que esse é o maior valor da Petrobras em reais. Em dólares, entretanto, a companhia petroleira ainda está longe de seu recorde, de US$ 309 bilhões, registrado em 2008. Na época, o valor em dólares corresponderia a R$ 510,39 bilhões, na cotação de maio daquele ano. Ela chegou a valer US$ 111 bilhões em 2024, pouco mais de um terço do valor máximo.

Nove recordes

O valor de mercado da Petrobras atingiu R$ 569 bilhões no fechamento da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo e, com isso, a empresa registrou mais um recorde histórico nesta sexta-feira (16). Desde outubro do ano passado, a empresa bateu nove recordes em valor de mercado.

Segundo o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, esse desempenho é resultado da volta da confiança dos investidores, que percebem a importância do trabalho feito na companhia, que indica lucratividade do portfólio, fortemente composto por projetos de petróleo e gás, principal área de atuação da empresa, além do reforço com responsabilidade em áreas de novas energias.

“O que nos parece é que o mercado, mais uma vez, mostra que compreendeu o nosso plano estratégico e as diretrizes que o presidente Lula colocou no seu plano de governo, que também balizam a nova gestão”, diz Prates em texto divulgado pela empresa.

Pelos dados da Petrobras, em 2023, o valor de mercado cresceu mais de R$ 150 bilhões e, nos últimos 12 meses, em torno de R$ 200 bilhões.

Entre as medidas que permitiram alcançar tais resultados, a empresa destaca a nova estratégia comercial para gasolina e diesel; o aprimoramento da política de remuneração aos acionistas, que inclui o programa de recompra de ações; os recordes de produção de óleo e gás e de processamento nas refinarias; e o Plano Estratégico 2024-2028. “Tudo isso realizado com foco na disciplina de capital e no compromisso de manter o endividamento sob controle”, diz a companhia.

A Petrobras destaca ainda que a nota da companhia foi elevada pelas agências de classificação de risco S&P e Fitch no segundo semestre do ano passado.

Os nove recordes de valor de mercado da Petrobras em reais obtidos na atual gestão foram os seguintes:

18/10/2023: R$ 525.099.082.335,28
25/01/2024: R$ 525.635.407.783,16
26/01/2024: R$ 536.143.005.606,80
29/01/2024: R$ 542.537.233.364,28
01/02/2024: R$ 552.604.748.637,48
06/02/2024: R$ 552.791.214.034,66
07/02/2024: R$ 559.259.866.333,56
15/02/2024: R$ 560.787.589.650,82
16/02/2024: R$ 568.851.911.738,94

Com informações da Agência Brasil