Sábado, 04 de Dezembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Tomate fica 35,64% mais caro e valor da cesta básica ultrapassa R$ 700 em Ponta Grossa

15/10/2021 às 11:03

O custo médio da Cesta Básica (compras online) de Ponta Grossa teve um aumento de 4,81% no mês de setembro. A compra dos 33 produtos que compõem a Cesta passou a custar R$ 730,57 na primeira semana do mês de outubro de 2021, e desses, 24 subiram, 7 caíram e 2 permaneceram constantes. O item que mais aumentou foi o tomate com 35,64% e o de maior queda foi a cebola com 7,20%. As informações são Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas, da Universidade Estadual de Ponta Grosa (Nerepp-UEPG).

Dos cinco grupos que compõem a Cesta Básica, o que apresentou maior aumento em seus valores foi o grupo Limpeza com 14,23%, colaborando para um aumento no preço da mesma.

Observam-se as seguintes variações mensais nos grupos:

  – Grupo Alimentação Geral: teve um aumento de 2,97%, e dentro deste, a margarina foi o produto responsável pela maior variação positiva de 10,24% e sendo o sal o item de maior variação negativa com 5,18%.

Grupo Hortifrutigranjeiros: com um aumento de 8,01% e dentro deste grupo, o produto de maior variação positiva foi o tomate com 35,64%, e a cebola com 7,20% de maior variação negativa.

Grupo Carne: teve um aumento de 6,49% e dentro deste, a carne de frango apresentou a maior variação positiva de 14,25% e a carne bovina a menor variação positiva com 3,34%.

Grupo Higiene: com um aumento de 1,75%, e dentro deste, o produto que apresentou a maior variação positiva foi o condicionador com 10,85% e o desodorante com variação negativa com 1,92%.

Grupo Limpeza: teve uma queda de 14,23% e dentro deste, o produto de maior variação positiva foi o desinfetante com 19,97% e o produto de menor variação positiva foi a água sanitária com 2,61%.

Analisando-se as variações aferidas anteriormente, conclui-se que:

Grupo que mais aumentou: Limpeza 14,23%

– Produto de maior elevação: Tomate 35,64%.

– Grupo de maior queda: Não teve

Produto de maior queda: Cebola -7,20%.

A pesquisa caracteriza o consumo básico de alimentação, higiene e limpeza de famílias com 3 membros em média, com renda de 1 a 5 salários mínimos e residentes em Ponta Grossa. O Índice Cesta Básica (ICB) não deve ser confundido como aferidor de inflação, além de ser exclusivo para representar as comprar efetuadas pelo sistema delivery dos supermercados pontagrossenses.

da assessoria