Quinta-feira, 25 de Abril de 2024

Alunos das escolas municipais de PG combatem Coronavírus e também a Dengue

2020-03-14 às 18:35

Em uma semana em que os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental das escolas municipais de Ponta Grossa estão intensificando as ações de combate ao novo Coronavirus, as turmas mostram que não abandonaram a luta contra outro inimigo perigoso, o vírus da Dengue. As professoras estão realizando ações e trabalhos pedagógicos levando em conta as duas doenças.

Um exemplo destas ações ocorreu nesta sexta, no CMEI Maria da Graça Franke Minini, na Vila Santana, em Olarias. Durante o mês de março, as professoras do Infantil V trabalharam sobre as duas doenças, além da gripe provocada pelo H1N1. As professoras Adriana de Fátima Carneiro Dias e Juliana Aparecida da Silva Carneiro organizaram rodas de conversas, músicas, folhetos informativos, cartazes, maquetes, atividades de pintura e modelagens, tendo a prevenção como tema.

“As professoras trabalharam o conhecimento sobre os principais cuidados que devemos ter para evitar o vírus H1N1, o novo Coronavirus e a Dengue: os hábitos de higiene e os cuidados que se deve ter para evitar o crescimento de focos do mosquito Aedes aegypti. Estimulamos a curiosidade das crianças em conhecer estes cuidados para evitar ficarmos doentes”, conta a pedagoga Franciele Machado.

Além de trabalhar em sala, os pequenos interagiram com a comunidade para levar as informações que produziram, mobilizando familiares e vizinhos. “Somente com a efetiva participação da população, adotando medidas no seu dia a dia de controle dos criadouros de mosquito transmissor, será possível minimizar o agravamento da situação e conscientizar os adultos sobre a importância de prevenir o mosquito da Aedes Egypti”, considera a diretora do CMEI, Gislaine Weege de Carvalho.

“Nossa rede fez um trabalho muito intenso para a prevenção contra a dengue e doenças respiratórias nos últimos anos, então temos um aprendizado que colocamos em prática também nas ações contra o Coronavirus. As escolas têm um papel muito importante na viralização destes conhecimentos, pois os alunos ensinam seus familiares e monitoram o ambiente em que vivem”, aponta Esméria.

Contra o Aedes

Além de oferecer o risco de transmissão da Dengue, Chicungunha e Zyca, a picada do mosquito Aedes Aegypti e outros que nascem em locais com água parada também podem causar reações alérgicas – além de incomodar muito. Para evitá-lo é preciso impedir a presença de água parada. Diariamente a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Saúde, realiza ações de monitoramento. Os agentes comunitários de endemias trabalham junto com os agentes comunitários de saúde, nas Unidades Básicas de Saúde e junto ao Departamento de Zoonoses, verificando os focos de mosquito. Pontos Estratégicos, como borracharias e ferros-velhos, recebem visitas quinzenais.

Acesse www.dpontanews.com.br/coronavirus e saiba as últimas notícias sobre o Covid-19 em Ponta Grossa e região.

da Assessoria