Quarta-feira, 22 de Maio de 2024

Ganhando o Mundo: 950 alunos da rede estadual já embarcaram para intercâmbio em 2024

2024-02-15 às 19:34
Foto: SEED

950 alunos da rede estadual de ensino do Paraná já estão em seus países de destino para passar um semestre letivo estudando no Exterior pelo programa Ganhando o Mundo, do Governo do Estado. Os embarques previstos para o primeiro semestre de 2024 se encerraram com a ida de 36 estudantes para a Nova Zelândia no sábado (10). As próximas viagens pelo programa estão previstas para agosto, com a ida de 50 alunos para os Estados Unidos.

Ao todo, entre janeiro e fevereiro, 400 alunos foram para o Canadá, 250 para a Nova Zelândia, 250 para a Austrália e 50 para a Inglaterra. Ao longo do ano serão mil alunos de todas as regiões do Estado vivenciando uma experiência única em um país de língua inglesa.

O programa tem como objetivo proporcionar aos adolescentes uma experiência acadêmica internacional, em que eles podem estudar a língua estrangeira, conhecer as escolas dos melhores sistemas de ensino do mundo e vivenciar o cotidiano de uma cultura diferente.

Os estudantes participantes têm, em média, entre 15 e 16 anos. Para muitos dos adolescentes participantes, o intercâmbio pelo Ganhando o Mundo é a primeira experiência internacional. Para outros, a primeira viagem de avião.

Ao retornarem ao Brasil, o programa também prevê que os alunos compartilhem suas experiências nas suas escolas de origem e repliquem os conhecimentos adquiridos com os colegas.

Programa

Os mil alunos selecionados para esta fase do Ganhando o Mundo passaram por um processo que envolveu mais de 12 mil inscritos. Para serem selecionados, os jovens precisavam ter uma média acima de 7 e uma frequência superior a 85% das aulas. Entre os alunos qualificados para o programa, a classificação final levou em consideração três critérios: a nota padronizada obtida na Prova Paraná Mais, a quantidade de certificados conquistados na plataforma Inglês Paraná e os certificados de participação como Aluno Monitor.

Ao todo, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, investiu R$ 81,2 milhões nesta edição do Ganhando o Mundo, que é a maior da história. Os recursos englobam a cobertura de todos os custos de viagem, incluindo alimentação, hospedagem, transporte, emissão de vistos e passaportes, passagens aéreas e terrestres, exames médicos, vacinas, seguros-viagem, matrícula, mensalidade da escola no Exterior, materiais didáticos, uniforme e documentação, além de um auxílio de R$ 800,00 mensais no período de intercâmbio.

Nas fases anteriores, 100 estudantes passaram um semestre letivo no Canadá e outros 100 na Nova Zelândia. No segundo semestre de 2023, 40 alunos da rede estadual viajaram para a França para um intercâmbio de seis meses.

da AEN