Terça-feira, 16 de Julho de 2024

Governo Britânico dará curso de inglês gratuito aos professores municipais de Londrina

2023-04-28 às 14:15
Foto: Daniela Fernandes / PML

Na manhã desta sexta-feira (28), o prefeito Marcelo Belinati e a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, receberam o cônsul honorário do Reino Unido no Paraná, Adam Patterson, para assinar o Termo de Cooperação entre o Governo Britânico e a Prefeitura de Londrina para a execução do Programa UK-Brazil Skills for Prosperity (Habilidades para a Prosperidade, em português).

A partir da assinatura do documento, o Governo Britânico vai oferecer um curso de 400 horas de aulas de inglês para cerca de 6 mil professores, que integram a rede municipal de ensino de Londrina. Poderão participar gratuitamente todos os professores das escolas municipais, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Centros de Educação Infantil Filantrópicos (CEIs). O curso de inglês foi dividido em seis módulos, sendo que cada módulo pode ser executado durante seis meses. A duração mínima será de um ano, para aqueles que estiverem em níveis mais avançados do idioma. Segundo o cônsul britânico, o programa equivalente a uma pós-graduação.

As aulas serão totalmente on-line e todos que concluírem o curso receberão um certificado emitido pela organizações Fundação Lemann, Associação Nova Escola, Instituto Reúna e Consulado Britânico, que são as instituições parceiras do programa. Para o prefeito de Londrina, além de trazer uma formação a mais para todos os professores da rede municipal de ensino, o que pode abrir portas e proporcionar outras oportunidades de crescimento na carreira desses profissionais, o curso de inglês transmitirá conhecimentos que poderão ser levados para dentro das salas de aulas aos alunos das unidades de ensino.

“É uma ação histórica, porque estamos falando de um curso completo de inglês, fornecido pelo Governo da Inglaterra, de forma gratuita para todos os professores os nossos quase 6 mil professores, tanto da rede municipal concursados, quanto os das creches filantrópicas. Ele dá a possibilidade dos professores almejarem outros concursos, outros cargos, um mestrado ou um doutorado, e isso é importante para os nossos alunos, porque teremos cada vez mais professores com uma bagagem muito grande na questão de línguas. Além disso, o inglês é uma língua mundial e estamos falando de um curso com seis módulos, que se avaliarmos vai sair aproximadamente R$ 18 mil para cada professor, mas será fornecido de forma gratuita, porque é pago pelo Governo da Inglaterra. É uma oportunidade única de qualificação dos professores”, ressaltou Marcelo Belinati.

Segundo o cônsul britânico, a ideia do programa UK-Brazil Skills for Prosperity, liderado e financiado pelo Governo Britânico, é levar o conhecimento do idioma para países em desenvolvimento econômico e social, como é o caso do Brasil. Por isso, também recebem gratuitamente o programa: o México, Egito, Nigéria, Quênia, África do Sul, Filipinas, Malásia e Indonésia.

No território brasileiro, a iniciativa foi firmada inicialmente com cinco estados brasileiros (Paraná, Amapá, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e São Paulo), mas já expandiu-se para nove estados, sendo que no Paraná recebem esse projeto os Municípios de Curitiba e Londrina. “Eu fico muito feliz de estar aqui em Londrina, que é a cidade brasileira mais britânica. A grande ideia é que o mundo está cada vez mais conectado e globalizado e o inglês é uma língua franca. O objetivo é ajudar países em desenvolvimento socioeconômico a ter ensino de inglês, para garantir que estamos falando a mesma língua para ajudar com as parcerias políticas, governamentais, de negócios e as culturais. Então, é mais um programa do Brasil com o Governo do Reino Unido e a Fundação Lemann, para o bem comum”, falou Patterson.

Segundo ele, a intenção é que os professores das redes públicas de ensino tenham um bom conhecimento do idioma para ensiná-lo aos estudantes de forma efetiva. “Hoje a gente está celebrando uma parceria para o ensino de inglês para a rede pública, buscando capacitar os professores para ensinar e melhorar o ensino de inglês na rede pública, para que os alunos consigam trabalhar em um mundo cada vez mais globalizado”, completou o cônsul.

A secretária de Governo interina, Liz Dayane Paludetto Rodrigues, explicou que essa parceria entre o Reino Unido e o Município de Londrina vem de uma relação estabelecida anteriormente por ambos governos, sendo que foi o Estado Britânico quem convidou o Município de Londrina para aderir ao programa. A ligação entre eles é histórica, visto que o Município foi fundado por uma companhia inglesa, a Paraná Plantations, mais tarde chamada de Companhia de Terras Norte do Paraná, e traz no próprio nome da cidade uma homenagem a Londres.

“Isso foi um presente muito significativo, que faz aproximar e deixar mais estreita a relação entre Londrina e o Governo Britânico. Vai ser algo muito durador e muitos projetos estão por vir. A inscrição para o curso, agora que foi assinado o Termo de Cooperação, segue um processo burocrático e logo será aberta e divulgada. É uma plataforma específica do Governo Britânico com professores que falam inglês e português e com teste de nivelamento para os professores. Além desse programa, temos outras parcerias com o Governo Britânico. Hoje mesmo o cônsul tem uma agenda na ACIL onde dará um workshop para conectar empresas de Londrina com o Governo Britânico e faremos um ato simbólico para comemorar a coroação do Rei Charles”, contou a secretária municipal de Governo.

Para se inscrever, na próxima semana, a Secretaria Municipal de Educação repassará mais informações e um link específico para as unidades escolares. De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, não há limite de vagas, por isso todos os professores da rede municipal serão atendidos. “É um curso maravilhoso e quem viu todo o conteúdo disse que realmente é muito bom. Se a gente fosse pagar por isso, daria uns R$ 3 mil a cada seis meses e ele tem seis módulos. É uma grande conquista para os professores que queiram, nos próximos dois anos e meio, terminar falando inglês; agora eles podem fazer isso de forma gratuita e com tanta qualidade”, disse Moraes.

A secretária de Educação contou também que será uma das alunas do programa britânico. “Os professores que têm a mesma dificuldade que eu, estão tendo a oportunidade de se especializar para depois tentar um mestrado, por exemplo, que tem como requisito o idioma inglês. Com certeza com esse curso, nós teremos mais professores da rede tentando o mestrado e se qualificando”, acredita a secretária de Educação.

O curso é importante, pois a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) tornou obrigatório o ensino da língua inglesa em todas as escolas brasileiras a partir dos anos finais do Ensino Fundamental, assim como o desenvolvimento de habilidades que favorecem a formação dos jovens para o mundo atual. “Muitas vezes, as pessoas não têm compreensão de quanto custa um curso de inglês para todos os professores da rede, então isso que vemos hoje é um sonho se concretizando na realidade da rede municipal de ensino”, apontou a gerente de Ensino Fundamental, Adriana Haruyoshi Biason.

Além disso, o procurador-geral do Município de Londrina, João Luiz Martins Esteves, lembrou que o inglês é o idioma mais falado no mundo, sendo que mais de 1,1 milhão de pessoas usa-o para se comunicar e mais de 35 países têm nele o idioma oficial. “Londrina precisa ter mais contato com a cultura inglesa, porque ela faz parte da história da colonização da cidade. Temos que resgatar isso cada vez mais e firmarmos parcerias como essa levanta esse aspecto cultural e histórico. Além disso, a cidade que quer se internacionalizar precisa ensinar inglês para as crianças e para a população como um todo”, pontuou.

Outros eventos – Além da assinatura do termo de cooperação, o cônsul do Reino Unido, foi às 11 horas ao Parque Municipal Arthur Thomas, para o plantio de mudas de árvores que celebram os laços de amizade e festejam a coroação do Rei Charles, que acontecerá no dia 6 de maio. Às 14 horas, ele irá à sede da Biblioteca Pública para presentear a instituição com um mural sobre Shakespeare. Já às 16 horas está marcado o Workshop sobre negócios com os empresários da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL).

da assessoria