Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Parceria da UEPG com a iniciativa privada possibilita multiplicação de mudas de lúpulo em larga escala

2020-11-04 às 16:58

Para driblar as dificuldades financeiras e falta de investimento em pesquisas, a área de Floricultura e Biologia Vegetal, do curso de Agronomia da Universidade Estadual de Ponta Grossa, encontrou na iniciativa privada uma parceria para seus projetos.

Com o apoio do Viveiro Porto Amazonas (VPA) o laboratório da UEPG está realizando a micro propagação de plantas frutíferas e ornamentais que posteriormente são desenvolvidas no viveiro. Uma das plantas que vem se destacando nesse processo é o lúpulo, uma cultura que ainda está se iniciando no Brasil e pode atender tanto a indústria cervejeira quanto ao mercado de plantas ornamentais.

Como funciona o projeto

“Nós estamos estudando a multiplicação vegetativa de algumas plantas como o lúpulo (que é de interesse industrial, envolve as cervejarias e aspectos cosméticos e medicinais importantes), o mirtilo (frutífera) e a clívia miniata (ornamental). Nós produzimos essa muda em nosso laboratório, como se fosse um berçário e vendemos a muda pequena para o Viveiro, que vai desenvolver a muda e repassar para os produtores. E com isso, nós conseguimos recursos para continuar trabalhando, pesquisando e envolvendo os alunos”, destaca Ricardo Ayub, professor do curso Engenharia Agronômica da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Parceria da iniciativa privada é fundamental

Leonel Andermann, proprietário do Viveiro Porto Amazonas, destaca a importância da parceria. “Importante fazermos parceria com instituições sérias como a UEPG. Espero que outras empresas da iniciativa privada possam fazer o mesmo”, diz o proprietário do VPA. “Hoje é fundamental que nós possamos estar juntos com a iniciativa privada e não temos mais um outro caminho a seguir”, finaliza Ricardo Ayub.

Empresários que tenham interesse em firmar parcerias com este projeto podem entrar em contato com o Laboratório de Agronomia: 42 3220-3088 ou diretamente com o Professor Ricardo Ayub: 42-9912-7270 ou pelo e-mail [email protected].

Com informações da assessoria