Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
foto: Clebert Gustavo

Em duelo movimentado, Operário sofre derrota para o Goiás na Serrinha

31/07/2021 às 11:01

O Operário Ferroviário, atuando no Estádio Hailé Pinheiro, contra o Goiás-GO, em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, sofreu derrota por 1 a 0, com gol de Rezende. Sem somar pontos, o Alvinegro mantém-se na 8ª colocação, com os mesmos 21 pontos.

O jogo
A movimentação, por parte de ambas as equipes, foi o sinônimo dos primeiros minutos do duelo, debaixo de sol intenso em Goiânia. As equipes trocavam passes nos campos ofensivos, mas sem criar perigo. Apenas no minuto 25, a primeira chance foi criada. Em tabela rápida pelo lado esquerdo, Ricardo Bueno encontra Leandrinho dentro da área. O meio-campista operariano avança e é derrubado por David Duarte, desta maneira, o árbitro Salim Fende Chavez, assinala penalidade máxima. Na cobrança, o atacante Ricardo Bueno manda a bola para fora e desperdiça a chance. Na sequência do lance, no mesmo minuto, após cobrança de tiro de meta, a bola chega nos pés de Caio Vinicius, dentro da área. O atleta adversário domina e chuta, o goleiro Simão defende e a tentativa, após a defesa, ainda bate no travessão. Sem perder tempo, uma nova chance para o Operário foi criada. Aos 33 minutos, Felipe Garcia domina próximo da área, toca em Rafael Chorão que bate firme em direção ao gol e Tadeu defende. Antes do intervalo, os donos da casa criaram mais uma oportunidade. No minuto 43, Alef Manga avança dentro da área e bate de perna esquerda, mas Simão defende novamente. Assim, o primeiro tempo termina sem gols.

Na volta do intervalo, o adversário sobe a linha de marcação e pressiona no ataque. Aos quatro minutos, após cobrança de falta, a defesa operariana afasta, mas, no rebote, Rezende bate rasteiro, a bola desvia em Reniê e entra nas redes, abrindo o placar em Goiânia. Durante o decorrer da segunda etapa, o Fantasma não chega com efetividade no ataque, sem criar oportunidades em direção à meta adversária. O nome do segundo tempo foi Simão, o goleiro operariano fez três defesas difíceis, sendo o destaque da equipe. Desta maneira, a partida termina em derrota, por a 1 a 0.

Avaliação do treinador
Em entrevista coletiva online, após o confronto, o comandante da noite, Leandro Niehues, comentou sobre a partida. “Quando jogamos, fora de casa, contra uma equipe qualificada e temos a oportunidade de sair na frente do placar, mas ela é desperdiçada, isso incomoda. No primeiro tempo, o adversário, logo na sequência, teve uma chance, mas, após este lance, a partida ficou equilibrada. Na etapa complementar, o gol do adversário causa um desequilíbrio grande em nós. O futebol é um jogo de erros e acertos. Nossa equipe errou em uma situação que não poderia errar.”

Próximo jogo
Em Belém-PA, o Alvinegro encara o Remo, no Estádio Baenão, em duelo válido pela 16ª rodada, na próxima sexta-feira (6), às 16h.

Ficha técnica
Goiás 1 x 0 Operário
Campeonato Brasileiro – 15ª rodada
Estádio da Ressacada – 30/07/21 – 16h

Operário: Simão; Alex Silva (Rodolfo Filemon), Fábio Alemão, Reniê e Fabiano; Marcelo Santos, Rafael Chorão (Schumacher) e Leandrinho (Tibagi); Rodrigo Pimpão (Rafael Oller), Ricardo Bueno e Felipe Garcia (Thomaz).
Téc: Leandro Niehues
Banco: Thiago Braga, Henrique, Zémarcio, Odivan.

Goiás: Tadeu; Dieguinho, David Duarte, Reynaldo e Artur; Caio Vinícius, Rezende, Miguel Figueira (Luan Dias) e Élvis (Iago Mendonça); Alef Manga (Dada Belmonte) e Bruno Mezenga (Nicolas).
Téc: Marcelo Cabo
Banco: Marcelo Rangel, Matheus, Iva, Hugo, Daniel Oliveira, Lucas Black, Albano, Vinícius.

Gol: 4´2T Rezende (Goiás)
Cartões amarelos: Rafael Oller, Tibagi, Nikolas Trevizo (Operário); Marcelo Rangel, Alef Manga (Goiás).

Árbitro: Salim Fende Chavez
Árbitro Assistente 1: Fabio Rogerio Baesteiro
Árbitro Assistente 2: Herman Brumel Vani
Quarto Árbitro: Rubens Paulo Rodrigues dos Santos

da assessoria/Fotos: Gabriel Thá/OFEC