Equipe de PG fica em terceiro lugar na Taça das Favelas | D'Ponta News - Notícias do Paraná - Jornalismo sério para leitores exigentes!
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024

Equipe de PG fica em terceiro lugar na Taça das Favelas

2023-11-24 às 16:45
Foto: Divulgação

Ponta Grossa esteve representada nas finais da Taça das Favelas 2023 no Paraná. A equipe do Ouro Verde chegou às semifinais e acabou em terceiro lugar da competição que reuniu 48 times de todo o Estado. O time, que leva o nome da comunidade do Ouro Verde mas reúne atletas de diversos bairros da cidade, já tem três jogadores selecionados para a “peneira” da Seleção do Paraná.

Para o coordenador da Central Única das Favelas (CUFA) em Ponta Grossa, Marcelo Aparecido, o Professor Careca, o resultado do time mostra a importância do trabalho de base feito nas comunidades ponta-grossenses. “Hoje temos um projeto de escolinha de futebol aqui no Ouro Verde e sabemos de outras iniciativas parecidas em várias comunidades da nossa cidade. Nestes projetos formamos grandes pessoas e talentos futuros”, diz Careca.

Marcelo lembra ainda que o desempenho da equipe ponta-grossense chamou a atenção de vários “olheiros” e se tornou motivo de orgulho para a cidade. “A nossa equipe é formada por atletas muito determinados, uma garotada muito aplicada – alguns deles já tem testes marcados em peneiras de times profissionais. Ter chegado às semifinais é motivo de muito orgulho para toda a nossa cidade”, explica Marcelo.

A equipe do Ouro Verde, comandada pelo técnico Diego Siqueira Ebenézer, já traça os planos para a temporada de 2024. “Ficamos muito orgulhosos do desempenho dos nossos meninos. Chegamos à fase final de uma competição muito acirrada e eu fico muito feliz em ver alguns dos nossos jogadores tendo a oportunidade de mostrar o talento da periferia em times profissionais”, explica Siqueira.

Esporte na periferia

O resultado da equipe do Ouro Verde na Taça das Favelas é um dos vários exemplos da importância do esporte nas comunidades carentes ponta-grossenses. Para Careca, o resultado revela o valor das atividades que têm sido realizadas hoje em relação ao esporte. “Hoje a escolinha de futebol que fazemos na vila, com a garotada que ainda é criança, serve para tirá-los no caminho errado, mas também para formar nossos próximos talentos”, diz o coordenador da CUFA em Ponta Grossa.

Da assessoria