Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Equipes paranaenses de Caiaque Polo conquistam medalhas na 1ª etapa do Brasileiro

2023-04-24 às 19:34
Foto: Divulgação

No último final de semana, três equipes londrinenses marcaram presença na 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Caiaque Polo 2023, realizado no Lago do Vertedouro em Lindóia (SP), entre os dias 21 e 23 de abril. Tradicional participante dos torneios de Caiaque Polo e atual campeã geral nas séries Ouro Masculino e Feminino, Londrina iniciou a nova caminhada no torneio nacional disputando em três categorias diferentes, conquistando duas medalhas de ouro e uma de prata já nessa primeira etapa.

Atualmente, os times londrinenses de Caiaque Polo integram o Instituto Rema Londrina, participante do Projeto de Caiaque Polo da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), com patrocínio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe). Na condução do projeto estão os professores Leonardo Colomera e Guilherme Rabelo. O programa também conta com apoio do Iate Clube de Londrina.

Segundo o técnico das equipes principais, Leonardo Colomera, a constância e a disciplina de treinamento dos atletas fazem com que Londrina esteja entre os primeiros lugares há seis anos consecutivos. “Não existe segredo para manter as equipes em alto nível, conquistando medalhas e tendo bons rendimentos. O único caminho é manter o foco, a regularidade e a disciplina nos treinamentos intensos, que realizamos de três a cinco vezes por semana. Nossos atletas passam por diferentes fases de preparação, algumas mais difíceis que outras e, ao mesmo tempo, precisam conciliar assuntos pessoais como trabalho, escola, faculdade e outros. Mas o que define o resultado, sem dúvida, é a frequência do treinamento e a seriedade aplicada no mesmo”, comentou.

Os confrontos que renderam as medalhas para as equipes londrinenses foram contra times de São Paulo. A equipe masculina da Série Ouro disputou a final contra a equipe de São Paulo (SP), sagrando-se campeã após o placar de 3 a 1, com gols de Diego Martins e Leonardo Colomera. Já na categoria feminina da Série Ouro, Londrina derrotou a equipe LLCP (SP) com o placar de 5 a 2 – gols de Luiza Mazzaro, Kamily Camargo, Clara Amadeu, Manoela Stochi e Rafaela Stochi. A londrinense Ana Júlia Torregiani também foi eleita a artilheira da competição, com 7 gols marcados no torneio. O time masculino que competiu na Série Prata acabou perdendo na final para a equipe de São Miguel Arcanjo (SP) pelo placar de 4 a 3, o que garantiu a medalha de prata aos londrinenses.

Colomera destacou a importância de programas como o Feipe para a construção e manutenção de iniciativas esportivas vencedoras como a do Caiaque Polo. “Receber patrocínios como os do Feipe é de extrema importância para que possamos fazer a manutenção da equipe e continuar participando de eventos em nível nacional. Pretendemos encontrar novos apoiadores e assim maximizar nossos resultados, temos equipes muito fortes que participam do Circuito Nacional e que vêm trazendo medalhas para a cidade nos últimos anos, criando uma hegemonia nas séries. Queremos continuar assim, contando com diversos apoios e viabilizar ações para que possamos enaltecer mais uma vez o nome da cidade e mostrar a força e a potência que a modalidade tem aqui em Londrina”, contou.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Caiaque Polo será realizada no mês de Agosto e sediada em Londrina, que também será um dos polos do Campeonato Paranaense da modalidade. No entanto, o comitê organizador da competição, vinculado à Confederação Brasileira de Canoagem, ainda não divulgou as datas e os locais em que serão promovidas as provas do torneio. A previsão é de que os cronogramas sejam divulgados no próximo dia 5 de maio.

O que é Caiaque Polo – Uma das modalidades de canoagem que mais atrai atletas iniciantes na canoagem, o Caiaque Polo mistura técnicas de canoagem com regras de futebol e basquetebol. Cada equipe tem cinco jogadores em campo, que competem para colocar a bola (que é parecida com a do polo aquático) no gol – que fica suspenso a 2 m acima do nível da água. Os campos medem 35 m x 23 m e podem ser montados em lagos ou piscinas.

Assim como o basquete, o jogador pode ficar no máximo 5 segundos com a bola e há muitas faltas, principalmente se o remo estiver em contato com o corpo do adversário. O jogo exige coletes de proteção e capacetes com grades. Semelhante ao futebol, no caiaque polo também há tiro de meta, lateral, pênalti e outras marcações. O remo é usado para defesa pelo goleiro e qualquer jogador pode se tornar goleiro ou assumir qualquer posição de ataque ou defesa no time. Em relação aos cartões, além do tradicional amarelo e vermelho do futebol, no Caiaque Polo existe o cartão verde, que é uma chamada de atenção, um pouco menos grave que seria o amarelo, em geral uma falta mais técnica do que intencional.

Para conhecer mais sobre a modalidade e sobre o trabalho da equipe de Caiaque Polo de Londrina, acesse @caiaquepololondrina no Instagram.

da assessoria