Domingo, 21 de Julho de 2024

Londrina recebe certificação bronze pelo programa ‘O Esporte Que Queremos’

2023-05-09 às 19:48
Foto: FEL/Divulgação

O programa é realizado pelo Governo do Estado, em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), com o objetivo de estruturar e aprimorar as políticas públicas esportivas dos municípios

A Secretaria de Estado do Esporte, juntamente com o Instituto de Pesquisa Inteligência Esportiva da Universidade Federal do Paraná, certificou o município de Londrina pela conclusão da etapa bronze. Trata-se da primeira etapa de participação do programa estadual ‘O Esporte Que Queremos’.

O programa é realizado pelo Governo do Estado e visa estruturar as políticas públicas para o auxílio ao esporte, destinado a todos os 399 municípios do Paraná. O objetivo é incentivar os gestores públicos municipais a propor uma legislação própria acerca do esporte local, a Política Municipal de Esportes (PME), em atenção às normas propostas pela Lei Geral do Esporte e as normas instituídas no Sistema Esportivo Estadual.

São três etapas no processo de adesão ao ‘O Esporte Que Queremos’. A primeira delas, a etapa bronze, que Londrina completou, consiste no preenchimento completo no sistema do Cadastro Esportivo Municipal. A segunda fase, etapa prata, é a construção da matriz da PME mediante consulta pública, que é feita pelo gestor de esportes do município e sua equipe com a comunidade de esportes local. Por fim, a etapa ouro, a última do processo, envolve a submissão da PME junto ao Edital do Paraná Esporte, para ser analisada pela comissão.

O diretor-presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Marcelo Oguido, contou que a participação de Londrina no programa é essencial para alavancar o incentivo à prática de esporte local. Para ele, o auxílio do Estado entra como uma grande motivação para a formação das políticas públicas nos municípios. “Londrina vem trabalhando para desenvolver suas políticas públicas esportivas, criando o Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Londrina, apoiando as pré-conferências e as conferências da área e caminhando para avançar no programa ‘O Esporte Que Queremos’. Iremos conquistar os demais selos de certificação e, juntamente com o Governo do Estado, criar os fundos necessários para atender ao esporte local”, declarou.

Para as próximas etapas do programa, o município de Londrina será representado pela gestão da Fundação de Esportes de Londrina (FEL) e o Polo Regional do Esporte de Londrina e Região. Na etapa prata, será desenvolvido o projeto de lei da PME, solicitando as verbas necessárias para atender o esporte londrinense. Esse projeto será apresentado à Câmara Municipal para a avaliação e, após sua aprovação, será enviado ao Governo do Estado.

Encerradas todas as etapas do ‘Esporte Que Queremos’, com a PME aprovada, Londrina passará a ser contemplada com os recursos solicitados para serem destinados ao esporte local e projetos esportivos, que virão por meio do Governo do Estado, pela Secretaria do Esporte.

O programa ‘O Esporte que Queremos’ conta com parceria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do Instituto de Pesquisa Inteligência Esportiva, que é responsável pelo sistema Gestão do Esporte nos Estados e Municípios (GEEM). Com este sistema, um diagnóstico completo foi realizado com a tabulação de dados obtidos no cadastro, mapeando 100% dos dados esportivos de todos os municípios do Paraná.

O coordenador do Polo Regional do Esporte de Londrina e Região, professor Vilmar Caus, explicou sobre a importância da regulamentação para receber os recursos necessários para a valorização do esporte municipal. “Com a legislação formalizada, haverá a organização das verbas necessárias que serão destinadas ao esporte local. Assim, será possível obter várias melhorias, como uniformes, equipamentos, boa estrutura para as quadras, campos, ginásios e diversos ambientes esportivos e, consequentemente, vamos capacitar melhor os atletas”, afirmou.

da assessoria