Sábado, 13 de Julho de 2024

Londrina sedia 1ª Surdolimpíada do Paraná neste final de semana

2023-04-28 às 18:43
Foto: Emerson Dias/NCom Londrina

Competição reunirá 173 surdoatletas de 13 delegações diferentes; evento é gratuito e aberto ao público

Neste final de semana, Londrina sedia a 1ª edição do maior evento esportivo envolvendo pessoas surdas ou com audição reduzida do estado, a Surdolimpíada do Paraná. Entre os dias 29 de abril e 01 de maio, 173 surdoatletas de 13 associações diferentes estarão no município, competindo em cinco modalidades: atletismo, basquete 3×3, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez. O evento será aberto ao público, com entrada gratuita.

De acordo com o cronograma divulgado pela Federação Desportiva de Surdos do Paraná (FDS-PR), a abertura oficial será neste sábado (29), às 9h30, no Ginásio de Esportes do Jardim Bandeirantes (Avenida Serra do Flamengo, 28). Na cerimônia, estarão presentes representantes das delegações de Cascavel, Curitiba, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Medianeira, Paranavaí, Pato Branco, Ponta Grossa e São José dos Pinhais.

O diretor-presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Marcelo Oguido, ressalta a importância do incentivo ao esporte para a transformação da sociedade. “O esporte tem um poder de inclusão muito forte e transformador então, para nós, ser a primeira cidade a sediar uma competição neste sentido e com esse tamanho mostra o compromisso que a cidade de Londrina tem em fomentar eventos que motivam e aproximam as pessoas. Isso é transformar e dar oportunidade para todos. Precisamos cada vez mais apoiar e incentivar estruturas e eventos como este para que qualquer atleta, seja ele surdo, mudo ou com algum grau de deficiência visual ou motora, possa ter a oportunidade de fazer uma grande diferença para seu município”, comentou.

Para o presidente da FDS-PR, Anderson Marcondes Santana Junior, a expectativa é de que este primeiro evento mobilize os municípios a incentivar cada vez mais os esportes entre pessoas surdas. “Essa é a primeira vez que organizamos um evento com toda essa estrutura, com todo esse porte, então esperamos que os nossos atletas saiam deste final de semana felizes com suas participações e orgulhosos, ostentando medalhas. O objetivo maior é atingir o maior número possível de pessoas da comunidade surda no estado do Paraná, de forma que possamos mobilizar e incentivar cada vez mais os esportes nas cidades. Queremos mostrar para a sociedade que as pessoas surdas estão aqui; elas também competem, elas também treinam e também podem render em alto nível nas mais variadas competições, representando seus municípios”, frisou.

Além do Ginásio de Esportes do Jardim Bandeirantes – onde serão realizadas as partidas de basquete 3×3 –  outros quatro locais serão pontos de competição da Surdolimpíada. Na Associação Cultural e Esportiva de Londrina (Estrada Major Achilles Pimpão, 2300), serão realizadas as partidas de tênis de mesa. A quadra de areia do Aterro do Lago Igapó (R. Prof. Joaquim de Matos Barreto, 1146) receberá as partidas de vôlei de praia. Na pista de corrida do Centro de Educação Física e Esportes da Universidade Estadual de Londrina, serão realizadas as provas do atletismo, e as partidas de xadrez serão na unidade central do SESC (R. Fernando de Noronha, 264).

O evento conta com o apoio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte do Governo do Paraná (Proesporte/PR), incentivo da Secretaria de Esporte do Paraná e da Companhia Paranaense de Energia (Copel), além do grande apoio recebido da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), da Associação dos Surdos de Londrina (ASL), da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e da Visual Libras.

da assessoria