Segunda-feira, 20 de Maio de 2024

Tratamentos estéticos são opção para o “retardo” do envelhecimento

2022-08-25 às 13:46

Daqui a dezessete anos, em 2039, o Brasil deverá ter mais pessoas idosas do que jovens. A projeção, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), indica que, em 2060, um em cada quatro brasileiros terá mais de 65 anos.

Diante desta expectativa, cresce a busca por opções para “retardar” o envelhecimento precoce, a começar pela saúde da pele. Prova disso, houve um aumento de 390% na busca por procedimentos estéticos não cirúrgicos desde 2016, como mostra um levantamento da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica). 

Ednaldo Rodrigues Bacelar, farmacêutico pós-graduado em estética e cosmetologia injetável e sócio-fundador do Instituto Harmonize-se Brasil, afirma que, de fato, determinados tratamentos estéticos podem ser utilizados no retardo do envelhecimento do paciente, atuando no metabolismo e no corpo para atingir esta função.

“O primeiro passo é consultar um profissional de estética ou cosmetologia que possa avaliar e, a partir disso, direcionar o melhor tratamento. Dentre as opções disponíveis, temos o botox, que tem sido bem usado na prevenção. A partir dos 25 e 30 anos já é possível iniciar um tratamento preventivo para chegar aos 60 anos com a pele saudável”, afirma.

De acordo com Bacelar, os tratamentos evoluíram ao longo dos últimos anos, quando houve o aprimoramento dos cuidados com a pele. “Algo que, vinte anos atrás, ninguém dava importância, hoje o famoso ‘passe protetor’ solar funciona até mesmo para os homens, afinal estamos vivendo mais e, com isso, queremos ter qualidade de vida e beleza”.

Ele acrescenta que hoje já há no mercado recursos e mesclas capazes de revitalizar a pele em sessenta dias, fechando poros, hidratando e diminuindo rugas superficiais e retornando o viço da pele. 

Investimento em estética exige cautela

Segundo o sócio-fundador do Instituto Harmonize-se Brasil, o consumidor que busca investir em técnicas e produtos para o retardo do envelhecimento deve adotar alguns cuidados para não cair em “ciladas”.

Para começar, ele ressalta que não se deve tratar a pele como algo fútil. “Com o advento da estética, aumenta o número de clínicas oferecendo pacotes de botox e preenchedores, entre outros. Tenha cautela: não meça o cuidado da sua saúde estética por pacotes. Procure profissionais que tratem o seu corpo como um todo, e não apenas como uma fonte de receita financeira”, adverte.

Os cuidados estéticos são, em sua maior parte, um processo em que a avaliação anamnese e o plano escolhido são determinantes para alcançar um resultado satisfatório, conclui Bacelar. 

Para mais informações, basta acessar: www.harmonizesebrasil.com.br