Domingo, 14 de Agosto de 2022

Após dois testes negativos, contraprova confirma que diretor da Incepa morreu por complicações da Covid-19

13/04/2020 às 14:30

A empresa Roca Cerâmica, detentora das marcas Incepa e Roca, confirmou nesta segunda-feira, 13, que o diretor-executivo Bruno Borer morreu por conta de complicações da Covid-19. A morte ocorreu no dia 8 de Abril, porém os dois primeiros testes realizados tinham apontado negativamente para a presença do coronavírus.

Uma contraprova realizada e revelada no último domingo, 12, apontou a presença do coronavírus. Um dia após a morte do diretor, a empresa havia se pronunciado e informado Síndrome Respiratória Aguda em decorrência de uma Pneumonia Viral como causa do falecimento e que os testes para o novo coronavírus tinham resultado negativo. 

Bruno Borer havia participado de uma feira em São Paulo no início do mês de Março e, durante período de isolamento domiciliar, sentiu sintomas da doença. Borer morreu no dia 8 de abril, no Hospital Marcelino Champagnat, aos 54 anos.

com informações do Ric Mais