Segunda-feira, 22 de Abril de 2024

Após queda de 70% em abastecimentos, gasolina e etanol ficam mais baratos em PG

2020-04-02 às 14:28

Por Igor Rosa

O isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde tem mudado a rotina de muitos ponta-grossenses. A maioria das empresas liberaram os funcionários para trabalhar em Home Office [trabalhar em casa, no bom português]. Com isso, o movimento em postos de combustíveis diminuiu drasticamente em Ponta Grossa e uma das alternativas para atrair os clientes é reduzir o valor dos produtos.

De acordo com o empresário e presidente da Associação dos Operadores dos Postos de Combustíveis de Ponta Grossa e Região, Hélio Sacchi, é um momento delicado que deve ser enfrentado da melhor forma possível para evitar novos desempregos. “O número de abastecimento de etanol e gasolina caiu em 70%, as pessoas simplesmente estão parando de abastecer os veículos. O diesel se manteve estável”, conta Sacchi.

MEDIDAS ATRATIVAS

Diversas medidas foram tomadas como forma de atrair os clientes aos postos de combustíveis. “Na minha rede de postos por exemplo, estamos fazendo a desinfecção das unidades para a segurança dos nossos funcionários e clientes”, ressalta Hélio. “A gasolina, que chegou a custar R$ 4,44 o litro, teve o valor reduzido e hoje está em torno de R$ 3,64”, compara o empresário. “A probabilidade é que o preço da gasolina e do etanol caiam ainda mais nos próximos dias”, conta.

BAIXO CONSUMO

O Portal D’Ponta News perguntou ao empresário qual a tática utilizada para evitar demissões, sendo que o consumo de combustível caiu 70%. “Enquanto pudermos estaremos dando férias aos nossos funcionários, não queremos dispensar ninguém, esta será nossa última alternativa para enfrentar esta crise”, conclui Hélio Sacchi.