Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

Dia Mundial das Abelhas é comemorado nesta segunda-feira (20)

2024-05-20 às 16:00
Foto: Denis Ferreira Netto/SEDEST

Neste dia 20 de maio é comemorado o Dia Mundial das Abelhas, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em dezembro de 2017. Este dia foi escolhido como uma homenagem ao apicultor esloveno Anton Janša, que é considerado o pioneiro da apicultura moderna.

A data foi criada para alertar sobre a importância da polinização: quando as abelhas coletam o pólen, que é transportado para outras flores, garantido a reprodução das plantas. Frutas, pepino, couve e outras verduras, essenciais para nossas vidas, dependem desse processo.

A redação do portal D’Ponta News conversou com o presidente da Associação dos Apicultores dos Campos Gerais, Eberhard Husch Junior, para entender a relevância desses insetos voadores para o meio ambiente e para as pessoas.

Importância da abelha e do mel

O presidente ressalta que tanto as abelhas com ferrão quanto as sem possuem um papel muito importante para o meio ambiente. “Sem elas não existiria polinização suficiente para o desenvolvimento das plantas e consequentemente faltaria esse cruzamento e reprodução das plantas”, explica.

Ele acrescenta que o mel produzido pelas abelhas é um dos alimentos naturais mais ricos. “Além de ser um alimento natural, ele é muito benéfico para a saúde, porque contém muitas vitaminas que são excelentes para a prevenção de inúmeras doenças. Para isso ele precisa ser consumido diariamente e não somente quando a pessoa já está doente”, pondera. “O mel não possui tempo de validade, quando bem armazenado e extraído da forma certa, e existem registros de que até mesmo nas pirâmides [do Egito] foi encontrado mel comestível”, acrescenta.

Remoção de colmeia

Quando o assunto é abelha, existem muitos casos em que os insetos constroem a sua colmeia próximo de alguma residência ou até mesmo dentro dela. “Nesses casos, é necessário que o proprietário do imóvel chame um apicultor experiente para fazer a retirada da colmeia. É importante pontuar que não se deve queimar a colmeia, nem mesmo tentar mexer nela sem os equipamentos de segurança”, alerta.

“Apesar de serem pequenas, elas se defendem com o seu ferrão e para algumas pessoas, que são alérgicas, apenas uma ferroada pode ocasionar que passem mal. Normalmente elas atacam em grupo e uma pessoa alérgica que for picada por várias abelhas pode até mesmo ter a necessidade de ir ao hospital”, ressalta.

Apiterapia e o própolis

A apiterapia se trata de um método da medicina natural que possui o objetivo de orientar o organismo a superar suas próprias barreiras de defesa imunológica, através de uma estimulação apropriada. “Quando ministrado corretamente, o veneno pode ser utilizado na apiterapia e trazer benefícios para o paciente”, afirma.

O própolis ajuda no fortalecimento do sistema imunológico e possui algumas propriedades que protegem o indivíduo contra bactérias, vírus e fungos. “O própolis é um antibiótico natural muito benéfico que pode ser utilizado para o tratamento de gripes e resfriados. Ele pode ser usado em gotas em creme e produtos afins”, finaliza.