Segunda-feira, 27 de Maio de 2024

D’P Cena Local: Promessas na mira

2022-09-08 às 09:49

Criada por jornalista de Ponta Grossa, agência especializada em checagem de promessas de campanha incentiva participação popular

Por Enrique Bayer

No portal e-Cidadania, do Senado Federal, há uma Ideia Legislativa que propõe criminalizar o não cumprimento de promessas de campanha. Pode parecer uma ideia radical, mas o fato é que os compromissos eleitorais assumidos pelos candidatos preocupam muitas pessoas. Por isso, nasceu recentemente, em Ponta Grossa, a Promessas de Campanha (PDC), agência colaborativa de checagem de promessas que monitora os compromissos firmados durante o período eleitoral por gestores do Executivo (municipal, estadual e federal).

Plataforma independente e suprapartidária, a PDC é resultado de um projeto experimental elaborado dentro do curso de Jornalismo do Centro Universitário Santa Amélia pelo jornalista e comunicador Eduardo Vaz (foto).

Como funciona

A agência funcionará assim: o processo de validação da promessa começa com a indicação do internauta. Depois disso, um jornalista fará a checagem da informação. Se confirmada, a promessa ganha um novo status na plataforma.

As promessas estão classificadas em “cumpridas” (quando estão funcionais em sua totalidade ou atingiram um índice igual ou superior a 97% de conclusão do projeto inicial); “não cumpridas” (quando não funcionais, em desuso, com falta de estrutura mínima, entregues com orçamento ou prazo acima do previsto, ou que atinjam um índice igual ou inferior a 89,9% de conclusão do projeto inicial); e “parcialmente cumpridas” (quando estão funcionais de maneira parcial ou atingiram um índice entre 90% e 96,9% de conclusão do projeto inicial).

As checagens, que por enquanto monitoram candidatos de Ponta Grossa e Curitiba, prometem se expandir a partir do dia 1º de janeiro de 2023, quando estarão disponíveis, segundo previsto por Eduardo, “todas as promessas feitas durante as eleições de 2022, desde o presidente eleito até os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal.”

Fortalecimento da democracia

O coordenador do curso, Helton Costa, saúda a iniciativa e destaca que a PDC faz parte de um projeto de fortalecimento da democracia proposto pela faculdade. Segundo ele, a agência ganhará apoio efetivo após agosto. Como o volume de dados manejados será grande, Costa explica que buscará envolver todos os alunos matriculados no curso. “É importante que o eleitor tenha ferramentas que lhe facilitem e deem segurança no momento do voto. O PDC tem potencial para ser essa ferramenta”, aponta.

Conheça a inciativa: https://promessasdecampanha.com.br/. Acompanhe a agência pelo Facebook (agenciapromessas), pelo Instagram (@promessasdecampanha) ou pelo e-mail: [email protected].

Conteúdo publicado originalmente na Revista D’Ponta #291 Agosto de 2022.